sicnot

Perfil

Mundo

Oito mortos em incêndio em prédio de habitação em Paris

Um incêndio num prédio de habitação causou oito mortos, incluindo duas crianças, num bairro no norte de Paris, disse a polícia à Agência France Presse (AFP).

Reuters

O incêndio deflagrou às 04:30 (03:30 em Lisboa) no 18.º bairro de Paris e foi combatido por mais de 100 bombeiros, tendo sido declarado dominado por volta das 07:30 (06:30).

As oito vítimas mortais incluem duas pessoas que se atiraram das janelas para tentar escapar ao fogo, segundo a polícia. Uma fonte próxima da investigação disse que há duas crianças entre as vítimas.

O ministro do Interior, Bernard Cazeneuve, disse no local que além dos oito mortos havia quatro pessoas em estado crítico.

"É demasiado cedo para determinar as causas desta tragédia", disse.

As autoridades encarregadas da investigação não excluem a possibilidade de o fogo ter tido origem criminosa.

O incêndio começou no rés-do-chão e propagou-se através das escadas.

A presidente da Câmara de Paris, Anne Hidalgo, disse que 15 prédios na zona foram afetados pelo incêndio.

  • Autoridades suspeitam de origem criminosa no incêndio de Paris
    1:37

    Mundo

    As autoridades estão a investigar as causas do incêndio que esta madrugada vitimou oito pessoas, em Paris. Há suspeitas de origem criminosa. Entre as vítimas, há duas crianças. As chamas fizeram ainda quatro feridos graves. O incêndio começou durante a madrugada e foi controlado já ao início da manhã por cerca de 100 bombeiros. Este é já considerado o incêndio mais grave da década na capital francesa.

  • "Cada drama, cada problema, cada testemunho, impressiona muito"
    1:55
  • Clínica veterinária em Tondela recebeu dezenas de animais feridos nos fogos
    2:57
  • Temperaturas sobem até ao final do mês
    1:09

    País

    O tempo não dá tréguas e, até ao final do mês, as temperaturas vão atingir valores acima do normal para esta época do ano. As temperaturas máximas vão subir entre os 25 e os 32 graus. O risco de incêndio aumenta a partir desta segunda-feira em todo o país e os meios aéreos, viaturas, operacionais e equipas de patrulha vão ser reforçados.

  • Maioria das praias do Algarve já não tem nadador-salvador
    2:19

    País

    A lei não obrigada os concessionários a garantir o serviço e, por isso, a esmagadora maioria das praias do Algarve está sem vigilância desde 30 de setembro. Ainda assim, os areais vão atraindo milhares de banhistas com as temperaturas altas que ainda se fazem sentir. Um nadador-salvador recomenda os banhistas a não nadar e, em dias de ondulação, evitar caminhadas à beira-mar.

  • Parlamento catalão vai responder à ativação do artigo 155
    1:54
  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31