sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 30 mortos em duplo atentado suicida no norte dos Camarões

Pelo menos 30 pessoas morreram esta quinta-feira num duplo atentado suicida em Kerawa, cidade na fronteira com a Nigéria, no extremo-norte dos Camarões, disseram fontes militar e policial.

Os Camarões integram uma coligação regional de luta contra o Boko Haram, ao lado da Nigéria, Chade, Niger e Benim. (Arquivo)

Os Camarões integram uma coligação regional de luta contra o Boko Haram, ao lado da Nigéria, Chade, Niger e Benim. (Arquivo)

© Stringer . / Reuters

Uma primeira explosão ocorreu cerca das 11:00 (mesma hora em Lisboa) no mercado da cidade, acrescentaram as mesmas fontes, que pediram o anonimato.

Pouco depois, uma "segunda explosão verificou-se a 200 metros do campo militar", disse fonte policial.

"Pelo menos 30 pessoas morreram", afirmaram.

Cinco atentados suicida, atribuídos aos fundamentalistas nigerianos do grupo Boko Haram, foram perpetrados na mesma região durante o mês de julho, deixando meia centena de mortos.

Os Camarões integram uma coligação regional de luta contra o Boko Haram, ao lado da Nigéria, Chade, Niger e Benim.

A região do extremo-norte, na fronteira da Nigéria e do Chade, tem sido nos dois últimos anos um alvo regular de ataques mortíferos, raptos e atentados suicidas, até aqui inéditos nos Camarões, perpetrados pelo Boko Haram.

Lusa

  • Dono de submarino é o único suspeito da morte de jornalista sueca
    1:51

    Mundo

    A polícia dinamarquesa confirmou que o corpo decapitado encontrado junto ao mar, perto de Copenhaga, é o da jornalista sueca desaparecida há mais de 10 dias. Kim Wall estava a fazer uma reportagem sobre um submarino artesanal com o criador, que é agora o principal suspeito do crime. Parte do corpo foi encontrada na segunda-feira e identificada através de exames de ADN.