sicnot

Perfil

Mundo

População em África vai quadruplicar e Índia será o país mais populoso

A população em África deverá quadruplicar num século para 4,4 mil milhões de pessoas, enquanto a Índia deve roubar à China a condição de país mais populoso do mundo até 2030, referem projeções de um instituto francês.

Themba Hadebe

Segundo as projeções do Instituto Nacional de Estudos Demográficos, que vão ser divulgadas quarta-feira, em 2015, a população mundial deverá chegar aos 7,5 mil milhões de pessoas e deverá continuar a crescer até 11 mil milhões até ao final do século.

"É uma ilusão acreditar que a população mundial vai diminuir, mesmo que haja um declínio da fertilidade. A maioria dos 10 mil milhões de pessoas que vai viver em 2050 já nasceu e muitos estão em idade fértil", disse Gilles Pison, autor do estudo.

Sobre os conflitos e o recente fluxo de refugiados, Gilles Pison estimou que vão ter "consequências transitórias, localmente, mas o seu impacto é baixo na escala demográfica".

"Especialmente porque não se saber quanto tempo os refugiados ficam nos países de acolhimento", salientou.

Para o autor do estudo, uma das grandes mudanças vai ser o "enorme aumento da população em África, que poderá quadruplicar até ao final do século" de 1,2 mil milhões de habitantes em 2015 para 4,4 mil milhões em 2100.

Enquanto hoje um em cada seis pessoas vive em África, no final do século deverá viver uma em cada três.

O aumento deverá ocorrer na África subsaariana, onde a população poderá crescer de 950 milhões em 2015 para quase 4 mil milhões em 2100.

"A fecundidade baixou em África, mas continuar a ser a mais elevada do mundo com 7,6 filhos por mulher no Níger contra uma média de 2,5 no planeta", disse o pesquisador, salientando que a taxa de natalidade mais baixa está em Portugal e na Coreia do Sul com 1,2 filhos por mulher.

O pesquisador disse também que a Índia se vai tornar no país mais populoso do mundo, destronando a China.

"É quase uma certeza", afirmou.

Hoje, a China é o país mais populoso do mundo com 1,4 mil milhões de pessoas, mas a Índia, que atualmente tem 1,3 mil milhões de pessoas.

Segundo o pesquisador, a população na Índia está a crescer mais devido ao aumento da fertilidade, que passou para 2,3 filhos por mulher. Na China, a taxa de fertilidade é de 1,7 filhos.

"A tendência já é clara. Nasceram 28 milhões de crianças na Índia este ano, contra os 17 milhões registados na China. A Índia em breve será o país mais populoso", disse.

Globalmente, a população mundial aumentou sete vezes ao longo dos últimos dois séculos, com três vezes mais nascimento do que mortes.

No entanto, o crescimento da população está a desacelerar. Depois de um pico de mais de 2% há 50 anos, o crescimento diminuiu para metade, e é esperado que continue a cair até à estabilização da população mundial em um século.

Lusa

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.