sicnot

Perfil

Mundo

Sul de Itália e Balcãs sob mau tempo devido a rara tempestade em setembro

Uma rara tempestade no início de setembro no Mediterrâneo vai causar fortes chuvadas e inundações na Itália e nos Balcãs, na segunda metade desta semana, preveniu hoje o sítio de meteorologia na internet AccuWeather.

© Dinuka Liyanawatte / Reuters

As áreas italianas mais ameaçadas situam-se a sul de Nápoles, entre a Sicília e a Calábria. O sítio alerta para a possibilidade de inundações e deslizes de terras.

Com uma direção de sudoeste para nordeste, a tempestade deve atingir a parte ocidental da Grécia e o sul da Albânia na noite de quarta-feira, antes de evoluir para o norte da Grécia, a Macedónia, o ocidente búlgaro e o sul sérvio durante o dia de quinta-feira.

Quem estiver a planear viajar para o sul de Itália e a península balcânica deve estar preparado para interrupções na deslocação, em resultado do esperado mau tempo.

Depois, aguardam-se vários dias com bom tempo.

Lusa

  • Chuva forte corta estradas e provoca inundações nos Açores

    País

    Os Açores foram afetados pelo mau tempo, durante a madrugada. Até esta manhã, os grupos central e oriental estiveram em aviso vermelho por causa da chuva forte. O bombeiros foram chamados a 32 ocorrências na Terceira e em São Miguel. Várias estradas ficaram cortadas e algumas casas foram inundadas. Três pessoas foram assistidas por hipotermia. Esta manhã, a chuva abrandou e as equipas estão no terreno a ajudar as populações.

  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC