sicnot

Perfil

Mundo

Rei saudita promete encontrar causa de queda de grua sobre mesquita em Meca

O rei Salman da Arábia Saudita prometeu hoje que descobrirá o que provocou a queda da grua que matou 107 pessoas na Grande Mesquita de Meca.

© Gary Cameron / Reuters

"Vamos investigar todas as razões e depois apresentar os resultados aos cidadãos", declarou o monarca no final de uma visita ao local do acidente, um dos mais santos do Islão.

A Agência de Imprensa Saudita, oficial, noticiou que Salman "debateu as causas do acidente e os seus efeitos na mesquita sagrada" depois de ver onde a gigantesca grua caiu durante uma forte trovoada na sexta-feira.

Era uma de várias gruas instaladas no local para obras de ampliação da mesquita.

O incidente ocorreu quando centenas de milhares de crentes de todo o mundo já tinham chegado a Meca para a peregrinação anual.

Entre os mortos, incluem-se indianos e indonésios.

A agência noticiosa saudita indicou que o rei Salman expressou condolências às famílias dos mortos e, em seguida, se deslocou ao hospital local "para inquirir sobre a saúde dos feridos de várias nacionalidades, entre as quais iranianos, turcos, afegãos, egípcios e paquistaneses".

Lusa

  • As mulheres na clandestinidade durante o Estado Novo
    7:32

    País

    Não se sabe quantas mulheres portuguesas viveram na clandestinidade durante o Estado Novo, mas estiveram sempre lado a lado com os homens que trabalhavam para o Partido Comunista na luta contra a ditadura. Aceitavam serem separadas dos filhos e mudarem de identidade várias vezes ao longo dos anos. A história de algumas destas mulheres estão agora reunidas num livro que acaba de ser lançado.