sicnot

Perfil

Mundo

Confrontos entre palestinianos e polícia israelita na mesquita de Al Aqsa em Jerusalém

Registaram-se confrontos entre palestinianos e a polícia israelita esta manhã na mesquita de Al Aqsa em Jerusalém. Israel reforçou entretanto a segurança em Jerusalém e vai limitar durante vários dias o acesso à Faixa de Gaza.

ABIR SULTAN/EPA

ABIR SULTAN/EPA

ABIR SULTAN/EPA

Os problemas começaram quando as autoridades israelitas entraram na área da mesquita numa perseguição a um grupo de palestinianos suspeitos de esconder explosivos na cidade. O grupo barricou-se na mesquita e atirou pedras à polícia.

Não há registo de feridos. A área da mesquita é alvo frequente de confrontos, por ser disputada tanto por palestinianos como por israelitas, por ser considerada sagrada por muçulmanos e judeus.

Israel reforça segurança em Jerusalém e na Faixa de Gaza

Israel reforçou a segurança em Jerusalém e vai limitar durante vários dias o acesso à Faixa de Gaza devido ao início do ano novo "Rosh Hashaná", que se prolonga até terça-feira à noite.

Agentes policiais foram enviados para Jerusalém e para os arredores da cidade no âmbito de uma ação especial concebida para impedir distúrbios durante as 48 horas que duram as festividades judaicas.

Também na fronteira de Erez, a norte da Faixa de Gaza e que é controlada por Israel, estão a ser adotadas medidas para controlar o acesso de pessoas até terça-feira em ambas as direções.

Já os postos de controlo militar na Cisjordânia continuam a funcionar normalmente, segundo um porta-voz local citado pela agência de notícias espanhola EFE.

  • Está a pensar ir à praia? Não se esqueça do guarda-chuva
    0:43
  • MP investiga ministro Siza Vieira, António Costa rejeita incompatibilidades
    2:12

    País

    O Ministério Público decidiu investigar o ministro Adjunto, Pedro Siza Vieira, por alegadas incompatibilidades. O governante criou uma empresa imobiliária um dia antes de tomar posse e manteve-se como gerente durante dois meses. A lei prevê a demissão, mas o primeiro-ministro já disse que se tratou apenas de um erro e o próprio ministro alega desconhecimento da lei.

  • Parceiros sociais retomam hoje discussão sobre legislação laboral

    Economia

    Os parceiros sociais retomam esta tarde a discussão sobre as alterações à legislação laboral nas áreas do combate à precariedade, promoção da negociação coletiva e reforço da inspeção do trabalho. No encontro, marcado para as 15:00 no Conselho Económico e Social (CES), em Lisboa, o ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva, deverá apresentar um novo documento com alterações face ao que foi proposto aos parceiros sociais há dois meses.

  • EUA expulsa dois diplomatas venezuelanos e dá-lhes 48 horas para deixarem o país

    Mundo

    Os Estados Unidos anunciaram, na quarta-feira, a expulsão de dois diplomatas venezuelanos, aos quais deu um prazo de 48 horas para sairem do país. A decisão é a resposta ao anúncio de Presidente da Venezuela de expulsar o encarregado de negócios e o chefe da secção política da embaixada dos Estados Unidos em Caracas, Todd Robinson e Brian Naranjo, respetivamente.