sicnot

Perfil

Mundo

Novos confrontos na Esplanada das Mesquitas em Jerusalém

Confrontos entre muçulmanos e as forças de segurança israelitas registaram-se hoje pelo segundo dia consecutivo na Esplanada das Mesquitas, em Jerusalém, informou a polícia.

reuters

"Quando a polícia entrou no local, jovens mascarados atiraram pedras na direção dos agentes", anunciou a polícia, em comunicado.

No domingo, violentos confrontos tiveram lugar no mesmo local por ocasião do início das celebrações do Ano Novo judaico.

Os confrontos ocorrem numa altura em que aumentou a tensão na sequência da decisão do ministro da Defesa de Israel, Moshe Yaalon, na quarta-feira, após declarar ilegais dois grupos muçulmanos que entram em confrontos com visitantes judeus do local sagrado para ambas as religiões.

O complexo da Esplanada das Mesquitas, que inclui a mesquita Al-Aqsa e a Cúpula da Rocha, é o terceiro lugar sagrado do islão após Meca e Medina, na Arábia Saudita. Para os judeus é o local do segundo Tempo, destruído pelos romanos no ano 70.

O muro das Lamentações, um vestígio do segundo Tempo, está situado nas proximidades.

A Esplanada das Mesquitas rege-se por um 'status quo' herdado do conflito de 1967: tanto judeus quanto muçulmanos podem visitar o lugar sagrado com vista para a Cidade Velha de Jerusalém, mas os judeus não têm o direito de aí rezar.

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.