sicnot

Perfil

Mundo

Coreia do Norte anuncia lançamento de satélite espacial

A Coreia do Norte anunciou hoje que está a finalizar os preparativos para lançar um satélite espacial, uma operação considerada um ensaio disfarçado para o lançamento de mísseis, que poderia gerar um novo conflito com a comunidade internacional.

Reuters

O país "está a avançar na fase final de desenvolvimento de um novo satélite de observação da Terra para o prognóstico do tempo e outros propósitos", indicou o diretor da Administração Nacional para o Desenvolvimento Aeroespacial da Coreia do Norte, num comunicado publicado pela agência estatal KCNA.

O diretor, cujo nome foi omitido pela agência, não apresentou uma data concreta e simplesmente indicou que "o mundo vai observar como se elevam ao céu uma série de satélites nos momentos e lugares determinados pelo Comité Central do Partido dos Trabalhadores".

Acredita-se que o próximo lançamento da Coreia do Norte vai acontecer perto do dia 10 de outubro, quando se celebra o 70.º aniversário da fundação do Partido dos Trabalhadores.

O diretor salientou, no entanto, que este lançamento "é um projeto de paz, em linha com o plano de desenvolvimento científico e tecnológico da DPRK [Coreia do Norte] para a construção de uma potência económica e melhoramento do níveo de vida do povo".

Ainda assim, a operação pode fazer prever um novo conflito entre Pyongyang e a comunidade internacional.

Colocar um satélite em órbita requer o lançamento de um foguetão de longo alcance, pelo que os Estados Unidos e outros países interpretam este tipo de ações da Coreia do Norte como ensaios disfarçados para o lançamento de um míssil intercontinental.

A Coreia do Sul já reagiu a este anúncio dizendo que qualquer lançamento de satélite pelo Norte será considerado um teste de míssil balístico e uma provocação "grave" que viola as resoluções da ONU.

"Qualquer lançamento de um míssil balístico pela Coreia do Norte é um grave ato de provocação", disse o porta-voz do Ministério da Defesa, Kim Min-Seok.

  • Acidente durante funeral em Miranda do Corvo causa 12 feridos
    2:39

    País

    Um acidente na zona de Miranda do Corvo fez esta terça-feira 12 feridos, um em estado grave. Foi durante um funeral, quando falharam os travões a um dos carros que seguia no cortejo, como explicou, em direto do local, o repórter Miguel Ângelo Marques.

  • Instalações militares vão ter reforço de segurança
    0:52

    Assalto em Tancos

    Depois do caso do roubo de material em Tancos, várias instalações militares vão sofrer um reforço de segurança do material que armazenam. As conclusões sobre o furto dos paióis de Tancos serviram de base às medidas anunciadas esta terça-feira pelo Ministério da Defesa. 

  • SIC faz-se à estrada para ouvir eleitores
    2:13
  • Os elevadores do futuro
    7:13
  • Demências afetam 50 milhões de pessoas
    2:23

    Mundo

    Cinquenta milhões de pessoas em todo o mundo e mais de 150 mil em Portugal sofrem de demências como o Alzheimer ou o Parkinson. Oitenta especialistas de 21 países reúnem-se esta semana na Fundação Champalimau, em Lisboa, para falar deste tipo de epidemia silenciosa.

  • Furacão Maria deixa 25 mil pessoas sem eletricidade em Guadalupe
    2:24
  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC