sicnot

Perfil

Mundo

EUA pedem à Coreia do Norte que se deixe de "provocações irresponsáveis"

A Presidência dos EUA apelou hoje aos dirigentes da Coreia do Norte para que evitem "provocações irresponsáveis", depois do reinício do funcionamento de um reator considerado a sua principal fonte de plutónio com qualidade militar.

© Gary Cameron / Reuters

"A Coreia do Norte deve abster-se de provocações irresponsáveis que só agravam as tensões regionais", declarou Josh Earnest, porta-voz do Presidente Barack Obama.

Os dirigentes do país "deveriam antes cumprir os seus compromissos internacionais", acrescentou.

O anúncio do reinício do funcionamento de um reator nuclear foi feito imediatamente a seguir à evocação por Pyongyang da possível colocação em órbita, em outubro, de satélites, com recurso a foguetões, uma eventualidade que para a Coreia do Sul seria um "ato grave de provocação".

A Coreia do Norte assegura que os disparos de foguetões visam colocar em órbita satélites para uso não militar, enquanto os EUA e os seus aliados consideram-nos testes de mísseis balísticos disfarçados.

A China, principal aliada diplomática da Coreia do Norte, sempre protegeu Pyongyang de sanções internacionais mais pesadas. Mas os dirigentes de Pequim toleram cada vez menos a retórica agressiva dos de Pyongyang.

Lusa

  • Um pedido de desculpas aos portugueses e um ultimato ao Governo
    3:21
  • Vouzela tenta regressar à normalidade, 8 pessoas morreram no concelho
    2:28

    País

    No concelho de Vouzela, a população começa a voltar à normalidade. Aos poucos a luz e a água estão a voltar e as pessoas começam a ganhar forças para reconstruir aquilo que lhes foi tirado pelos fogos. No entanto, as feridas demoram a sarar e não será fácil esquecer que 80 a 90 por cento deste concelho foi destruído pelos incêndios e oito pessoas morreram.

  • Material de guerra de Tancos encontrado, faltam munições
    1:40
  • "Se os bombeiros não chegam, os vizinhos vão ficar sem casa"
    1:03
  • Madrid admite suspender autonomia da Catalunha
    1:51
  • Alemanha já tem uma versão de Donald Trump... em cera
    1:08