sicnot

Perfil

Mundo

EUA pedem à Coreia do Norte que se deixe de "provocações irresponsáveis"

A Presidência dos EUA apelou hoje aos dirigentes da Coreia do Norte para que evitem "provocações irresponsáveis", depois do reinício do funcionamento de um reator considerado a sua principal fonte de plutónio com qualidade militar.

© Gary Cameron / Reuters

"A Coreia do Norte deve abster-se de provocações irresponsáveis que só agravam as tensões regionais", declarou Josh Earnest, porta-voz do Presidente Barack Obama.

Os dirigentes do país "deveriam antes cumprir os seus compromissos internacionais", acrescentou.

O anúncio do reinício do funcionamento de um reator nuclear foi feito imediatamente a seguir à evocação por Pyongyang da possível colocação em órbita, em outubro, de satélites, com recurso a foguetões, uma eventualidade que para a Coreia do Sul seria um "ato grave de provocação".

A Coreia do Norte assegura que os disparos de foguetões visam colocar em órbita satélites para uso não militar, enquanto os EUA e os seus aliados consideram-nos testes de mísseis balísticos disfarçados.

A China, principal aliada diplomática da Coreia do Norte, sempre protegeu Pyongyang de sanções internacionais mais pesadas. Mas os dirigentes de Pequim toleram cada vez menos a retórica agressiva dos de Pyongyang.

Lusa

  • Vidas de fogo
    12:04

    Reportagem Especial

    Este ano durante o período mais crítico dos fogos, estão no terreno quase dez mil operacionais, a maioria bombeiros voluntários. A Reportagem Especial da SIC deste domingo "Vidas de fogo" dá a conhecer histórias de bombeiros que sobreviveram às chamas enquanto serviam o país.

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.