sicnot

Perfil

Mundo

ONU divulga cartas de crianças vítimas de violência

As Nações Unidas lançaram hoje uma carta de 18 crianças sobreviventes da violência em todo o mundo, incluindo uma vítima de violência no namoro em Portugal, para exigirem aos líderes mundiais "um mundo mais seguro".

As 18 crianças - que retratam as situações de diferentes países - lembram que "a cada cinco minutos, em algum lugar do mundo, uma criança morre em resultado da violência"

As 18 crianças - que retratam as situações de diferentes países - lembram que "a cada cinco minutos, em algum lugar do mundo, uma criança morre em resultado da violência"

© Dimitris Michalakis / Reuters

As 18 crianças - que retratam as situações de diferentes países - lembram que "a cada cinco minutos, em algum lugar do mundo, uma criança morre em resultado da violência" e apelam aos líderes mundiais para que ponham fim à violência e se construa "um mundo mais seguro para as crianças", indica a carta, divulgada pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF).

De acordo com os últimos dados da UNICEF, uma em cada dez (120 milhões) raparigas com menos de 20 anos já foram vítimas de relações sexuais forçadas, ou outros actos sexuais forçados, e perto de um quarto das raparigas entre os 15 e os 19 anos (quase 70 milhões) afirmam ter sido vítimas de algum tipo de violência física desde os 15.

"Fomos forçadas a abandonar as nossas casas, a combater como crianças-soldado e a trabalhar como escravas domésticas. Fomos violadas, espancadas e atacadas nas nossas próprias comunidades. Vimos, impotentes, os nossos pais, irmãos e amigos serem mortos à nossa frente. Memórias com estas são como murros no estômago e deixam-nos apavoradas. Nenhuma criança deveria ter um início de vida assim", afirmam na carta, promovida pelo embaixador de boa-vontade da UNICEF, David Beckham.

"Em setembro, os Senhores [líderes mundiais] vão reunir-se para chegar a acordo sobre os novos objectivos globais para o desenvolvimento, um plano de ação para os próximos 15 anos. Enquanto jovens cidadãos do mundo, vimos pedir-vos que se unam para construir um mundo mais seguro para as crianças", sublinham.

Um quinto das vítimas de homicídio em todo o mundo é constituído por crianças e adolescentes com menos de 20 anos, indica a agência da ONU.

A carta da UNICEF realça a epidemia violência contra as crianças em todo o mundo e inclui testemunhos de sobreviventes do violento conflito no Sudão do Sul, abusos sexuais na Islândia, tráfico de crianças no Paquistão, e violência no namoro em Portugal.

Em setembro, durante a assembleia-geral das Nações Unidas, em Nova Iorque, David Beckham vai lançar um apelo, juntamente com o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, e o director executivo da UNICEF, Anthony Lake, para que os líderes mundiais coloquem as crianças, em especial as mais desfavorecidas, no centro das decisões e investimentos a realizar nos próximos 15 anos.

Para a UNICEF, os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, a nova agenda para o desenvolvimento nos próximos 15 anos que vai ser adotada pela assembleia-geral da ONU, em setembro, constituem uma oportunidade história para mudar as situações que tantas crianças suportam, mas apenas se o mundo focar a atenção nas crianças mais desfavorecidas e vulneráveis, e colocar os seus direitos à segurança, à educação e à saúde no centro da agenda.

"Não esperem nem mais um minuto. São as nossas vidas que estão em jogo", sublinham os 18 signatários da carta, cujos nomes foram alterados: Sane (18 anos) da África do Sul, Parwana (20) da Austrália, João (18) Brasil, Ravid (16) Camboja, Magu (17) Espanha, Sabreen (15) Gaza, Akhrat (16) Holanda, Tommy (16) Irlanda, Daldís (19) Islândia, Ashley (23) Jamaica, Mohammad (15) Jordânia, Babagana (12) Nigéria, Rabia (nove) Paquistão, Alice (18) Portugal, Jodie (20) Reino Unido, Laetitia (14) República Democrática do Congo, Boto (16) Sudão do Sul, e Zina (10) da Ucrânia.

Lusa

  • Quem deve ser o próximo treinador do FC Porto?

    Desporto

    Nuno Espírito Santo já não é treinador do FC Porto. O técnico e o clube chegaram a acordo mútuo para a rescisão do contrato, que o ligava por mais uma temporada aos dragões. Nuno Pinto da Costa tem agora que encontrar um novo treinador para orientar dos "dragões". Os nomes em cima da mesa são vários. Diga-nos quem deve ser o novo treinador do FC Porto.

  • Os treinadores do FC Porto desde o último título 

    Desporto

    Nunca o FC Porto esteve quatro anos consecutivos sem ganhar um título durante a presidência de Nuno Pinto da Costa. A ausência de vitórias teve início na época de 2013/14, quando começou uma autêntica dança de treinadores.

  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • Divulgado vídeo dos bambardeamentos contra o Daesh no Iraque
    0:42
  • Leão-marinho arrasta criança de doca em Vancouver
    0:51

    Mundo

    O momento em que um leão-marinho arrasta uma menina para a água foi gravado e publicado na internet. Sem nada que fizesse prever, o animal puxou a criança que estava sentada numa doca em Vancouver, no Canadá. A criança foi resgatada de imediato por um familiar e apesar do susto não sofreu ferimentos. O momento de aflição foi testemunhado por vários turistas.