sicnot

Perfil

Mundo

367 refugiados entraram na Hungria e todos foram detidos

As autoridades húngaras intercetaram, na terça-feira, 367 refugiados que cruzaram a fronteira com a Sérvia, no primeiro dia após o seu encerramento, informou hoje a polícia local.

© Marko Djurica / Reuters

Desde terça-feira que o cruzamento da fronteira constitui um crime na Hungria, que pode ser penalizado até três anos de prisão -- se alguém atravessar a fronteira armado ou se danificar a vedação, enfrenta uma pena até cinco anos.

Os julgamentos dos refugiados detidos vão ter início dentro de poucos dias na cidade de Szeged, no sul do país -- segundo juristas ouvidos pela Efe, as sentenças vão determinar penas condicionais e os refugiados serão expulsos para a Sérvia.

Nos dias anteriores à entrada em vigor da nova lei, milhares de pessoas chegavam diariamente à Hungria.

Em alternativa, alguns refugiados começam a dirigir-se à Croácia, como via para chegar ao norte da Europa.

Lusa

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.