sicnot

Perfil

Mundo

367 refugiados entraram na Hungria e todos foram detidos

As autoridades húngaras intercetaram, na terça-feira, 367 refugiados que cruzaram a fronteira com a Sérvia, no primeiro dia após o seu encerramento, informou hoje a polícia local.

© Marko Djurica / Reuters

Desde terça-feira que o cruzamento da fronteira constitui um crime na Hungria, que pode ser penalizado até três anos de prisão -- se alguém atravessar a fronteira armado ou se danificar a vedação, enfrenta uma pena até cinco anos.

Os julgamentos dos refugiados detidos vão ter início dentro de poucos dias na cidade de Szeged, no sul do país -- segundo juristas ouvidos pela Efe, as sentenças vão determinar penas condicionais e os refugiados serão expulsos para a Sérvia.

Nos dias anteriores à entrada em vigor da nova lei, milhares de pessoas chegavam diariamente à Hungria.

Em alternativa, alguns refugiados começam a dirigir-se à Croácia, como via para chegar ao norte da Europa.

Lusa

  • Negociações serão difíceis e manter a unidade também
    0:32
  • Corrida à Agência Europeia Medicamento "não é fácil", admite Costa
    0:50

    Brexit

    António Costa confirmou a apresentação da candidatura para a transferência da agência europeia do medicamento de Londres para Portugal. À margem da cimeira extraordinário sobre o Brexit, o primeiro-ministro salientou a importância da instalação do instituto no país para reforçar a competitividade no setor