sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 5 mortos e um milhão de deslocados após sismo de 8,3 no Chile

Pelo menos 5 mortos e um milhão de deslocados após sismo de 8,3 no Chile

A costa do Chile está em alerta de tsunami depois do país ter sido atingido por de um sismo de magnitude 8,3 na escala de Richter. Estão confirmados pelo menos 5 mortos e mais de uma dezena de feridos. O abalo provocou danos em vários edifícios e obrigou à deslocação de um milhão pessoas.

"Lamentamos a morte de cinco cidadãos chilenos, apresentamos as condolências do governo a todas as respetivas famílias (...) Estimamos o número de retirados em um milhão de pessoas", informou o subsecretário do Ministério do Interior, Mahmoud Aleuy.

As autoridades chilenas emitiram o alerta de tsunami em toda a costa do país depois de um sismo de magnitude 8,3 na escala de Richter, segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), registado às 19:54 de quarta-feira (23:54 em Lisboa), ter abalado o norte, centro e sul do território.

O balanço anterior dava conta de três mortos, sete feridos graves, além de vários feridos ligeiros e danos materiais.

Milhares de chilenos vão passar esta noite em zonas elevadas nas suas localidades costeiras à espera que as autoridades cancelem o alerta de tsunami nos mais de 4.000 quilómetros de costa.

Na maioria das localidades costeiras a população deslocou-se para zonas seguras, situadas a mais de 30 metros acima do nível do mar, escreve a agência Efe.

Com Lusa

  • Marcelo saúda "forma rápida" como Conselho de Ministros "tratou de tudo"
    1:03

    País

    O Presidente da República lembra que é preciso convergência de forma a adotar rapidamente as medidas mais urgentes do plano de emergência. No concelho de Tábua, Marcelo Rebelo de Sousa destacou ainda os esforços do Conselho de Ministros, mas lembrou que as medidas anunciadas são apenas o início de um processo e não o fim.