sicnot

Perfil

Mundo

Papa Francisco partiu para Havana, primeira etapa da 10.ª viagem do seu pontificado

Papa Francisco partiu para Havana, primeira etapa da 10.ª viagem do seu pontificado

O papa Francisco partiu hoje do aeroporto de Fiumicino, em Roma, com destino a Havana, a primeira etapa da décima viagem internacional do seu pontificado durante a qual visitará Cuba e os Estados Unidos da América.


Eram 10:34 locais (09:34 em Lisboa) quando o papa Francisco partiu a bordo de um Airbus A330-200 Alitalia, estando previsto aterrar na capital cubana cerca das 16:00 locais (19:00 em Lisboa), após uma viagem de mais de 8.600 quilómetros.

Jorge Bergoglio chegou à base aérea do Vaticano a bordo de um Ford Focus azul, poucos minutos antes de partir, tendo sido recebido por várias autoridades locais e aeroportuárias.

Do topo das escadas do avião disse adeus às pessoas que se reuniram nas pistas para o ver.

A imprensa da Santa Sé informou que, antes de partir para o aeroporto, o papa foi despedir-se de uma família de refugiados sírios que foi acolhida na paróquia de Santa Ana, no Vaticano.

O único evento programado para hoje será a cerimónia de boas-vindas em que o Papa será recebido pelo Presidente cubano, Raul Castro, no José Martí, aeroporto Internacional de Havana.

Com Lusa

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15