sicnot

Perfil

Mundo

Papa insta Cuba e EUA a avançar na normalização das relações bilaterais

Papa insta Cuba e EUA a avançar na normalização das relações bilaterais

O papa Francisco instou hoje Cuba e os Estados Unidos da América "a avançar" na normalização das relações bilaterais e a "desenvolver todas as suas potencialidades", durante o seu discurso à chegada à capital cubana, Havana.


"Somos testemunhas de um acontecimento que nos enche de esperança: o processo de normalização das relações entre os dois países, depois de anos de distanciamento. É um processo, um sinal da vitória da cultura do encontro, do diálogo", disse Francisco no Aeroporto Internacional José Marti, em Havana, citado pela agência de notícias espanhola EFE.

O papa encorajou os responsáveis políticos dos dois países a continuar desta forma, "como prova do alto serviço que estão a ser chamados a prestar a favor da paz e do bem-estar dos povos de toda a América, e um exemplo de reconciliação para o mundo inteiro".

"O mundo precisa de reconciliação nesta atmosfera de terceira guerra mundial que estamos a viver", disse o papa.

Francisco destacou ainda que este ano se assinalam os 80 anos após o restabelecimento das relações diplomáticas entre Cuba e o Vaticano, e recordou as "inolvidáveis viagens" realizadas por dois papas no passado: João Paulo II (1998) e Bento XI (2012).

"Hoje renovamos estes laços de cooperação e amizade para que a Igreja continue a acompanhar e a encorajar o povo cubano nas suas esperanças e preocupações, com liberdade, com os meios e os espaços necessários para levar o anúncio do Reino até às periferias da sociedade", sublinhou o papa.

No início do discurso, e depois de agradecer a receção, o papa pediu ao Presidente Raúl Castro que transmita os "seus sentimentos de consideração especial e respeito ao seu irmão Fidel [Castro]", anterior Presidente, de 89 anos, e retirado do poder desde 2006 .

Antes do discurso do papa, falou o Presidente de Cuba para agradecer a Francisco o seu apoio no restabelecimento das relações diplomáticas com os Estados Unidos, "um primeiro passo no processo de normalização das relações entre os países que permitirá resolver problemas e reparar injustiças".

"O bloqueio, que provoca danos humanos e privações às famílias cubanas, é cruel, imoral e ilegal. Deve cessar", disse Raúl Castro, no discurso proferido à chegada do papa ao aeroporto de Havana, cidade onde inicia uma visita de quatro dias à ilha.

O Airbus a330 da companhia Alitalia que transportava o papa aterrou poucos minutos antes das 16:00 locais (21:00 em Lisboa) no aeroporto José Martí de La Habana, onde era aguardado pelo Presidente cubano, Raúl Castro, e pelo cardela Jaime Ortega, o representante máximo da Igreja católica na ilha.

Francisco iniciou assim uma das viagens mais longas e delicadas do pontificado, que o levará à praça da Revolução, em Havana, ao Congresso dos Estados Unidos, em Washington, e à ONU em Nova Iorque.

Com uma agenda muito carregada, o papa argentino, de 78 anos, vai pronunciar 26 discursos: oito em Cuba e 18 nos Estados Unidos.

Até terça-feira, o papa estará em Cuba, com passagens por Havana, Holguin e Santiago, para encontros com jovens, famílias, bispos e, provavelmente, o líder histórico do regime Fidel Castro.

Três visitas papais em 17 anos mostram a atenção excecional do Vaticano a este país, onde o regime e a Igreja católica se congratulam com o apoio do papa à normalização das relações diplomáticas com os Estados Unidos.

Lusa

  • Centro comercial em Manchester evacuado

    Mundo

    Um centro comercial foi evacuado esta manhã, no centro de Manchester. Testemunhas dizem ter ouvido um "grande estrondo". O incidente acontece horas depois do ataque na Manchester Arena, no final da atuação da cantora Ariana Grande, no qual morreram pelo menos 22 pessoas. O espaço comercial em Manchester foi entretanto reaberto. A polícia começou a retirar o cordão de segurança, pouco tempo depois de ser dado o alerta. Uma pessoa foi detida.

  • Dois em cada três idosos em Portugal são sedentários

    País

    É a camada da população mais inativa e com comportamentos que revelam um estilo de vida menos saudável, segundo um estudo divulgado hoje, que analisou os dados de mais de 10.600 portugueses representativos da população, entre os quais mais de 2.300 pessoas com mais de 65 anos.

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.