sicnot

Perfil

Mundo

Rebeldes sírios treinados pelos EUA chegaram à Síria para combater Estado Islâmico

Setenta e cinco rebeldes sírios treinados pelos Estados Unidos para combater o autodenominado Estado Islâmico entraram este fim de semana na Síria, de acordo com informações do Observatório Sírio dos Direitos Humanos, citado pela AFP.

© Ammar Awad / Reuters

Os combatentes da chamada Divisão 30 cruzaram a fronteira síria partir da Turquia, entrando no posto fronteiriço de Bab al Salama com 12 veículos todo-o-terreno equipados com metralhadoras.

Há quatro dias, o comandante das forças norte-americanas no Médio Oriente, o general Lloyd Austin, disse que apenas "quatro ou cinco" soldados treinados pelos Estados Unidos continuavam a lutar na Síria.

O presidente do Observatório, Rami Abdelrahman, explicou à agência EFE que o segundo grupo de rebeldes pertencentes ao Exército Livre Sírio chegou entre a noite de sexta-feira e a manhã de sábado e instalaram-se no norte da província de Aleppo.

Os rebeldes foram treinados num acampamento na Turquia por instrutores norte-americanos, britânicos e turcos.

O primeiro grupo de 54 rebeldes sírios treinados pelos Estados Unidos entrou em combate na Síria em finais de julho com o único objetivo de combater o Estado Islâmico, mas sofreu um ataque da Frente al Nusra, um braço da Al Qaeda.

Esse ataque provocou vários feridos entre os rebeldes, outros foram capturados e grande parte dos restantes abandonou a divisão, que havia sido treinada na Turquia.

Washington anunciou que vai instruir cerca de 5.000 rebeldes sírios, ainda que se admita que esse objetivo não vai ser atingido a curto prazo.

O Congresso norte-americano aprovou uma despesa de 500 milhões de dólares para treinar rebeldes sírios, ainda que neste momento só estejam em formação cerca de 200.

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51