sicnot

Perfil

Mundo

Jornal do PC chinês ataca homem mais rico da Ásia

O jornal do Partido Comunista Chinês Diário do Povo atacou o magnata de Hong Kong Li Ka-shing, acusando-o de ser "ingrato" ao vender os bens na China continental, numa altura em que o país enfrenta desafios económicos.

Reuters

O empresário, de 87 anos, apelidado de "super-homem" pela sua perspicácia empresarial, tem vindo a vender investimentos imobiliários na China -- onde o crescimento abrandou para os valores mais baixos em 24 anos -- após ali ter investido fortemente nos anos 1990.

Esta decisão, combinada com a venda de bens em Hong Kong, gerou especulações de que o homem mais rico da Ásia esteja a perder confiança na China.

O Diário do Povo considera que a abertura da China, o amplo mercado disponível e medidas favoráveis adotadas foram "o elemento chave" do sucesso de Li, o que não o impediu de estar agora a deixar o seu benfeitor em apuros.

"Partilhou a prosperidade enquanto tivemos uma boa fase, mas não consegue enfrentar as adversidades connosco, agora que temos dificuldades. Emocionalmente, isto é realmente inaceitável", lê-se no jornal, num comentário publicado através da aplicação de mensagens WeChat.

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.