sicnot

Perfil

Mundo

Sexo não provoca ataques cardíacos

O sexo não desencadeia ataques cardíacos, mesmo a quem já tenha sofrido um. Uma equipa de cientistas alemã concluiu que a atividade sexual é "moderada", equivalente a subir dois lances de escada ou a um pequeno passeio a pé.

© Toby Melville / Reuters

Num estudo conduzido com 536 pacientes com problemas cardíacos, com idades entre os 30 e os 70 anos, os cientistas da Universidade de Ulm compararam a atividade sexual com as taxas de enfartes e mortes por doença cardíaca. A todos foi perguntado como era a vida sexual nos 12 meses antes do ataque cardíaco. Não foi encontrada qualquer relação entre o sexo e os problemas cardíacos.

"Com base nos dados recolhidos, é quase impossível que o sexo seja um fator relevante que desencadeie um ataque cardíaco", afirmou o professor Dietrich Rothenbacher ao jornal britânico The Telegraph.

Dos que participaram no estudo, mais de metade (55%) disseram ter relações sexuais uma ou mais vezes por semana. Apenas um quarto tinha relações sexuais menos de uma vez por semana e 4,7% tinha uma vez por mês. Um total de 14,9% afirmou não ter feito sexo nos 12 meses anteriores ao ataque cardíaco.

"Menos de metade dos homens e menos de um terço das mulheres são bem informados sobresexo após um enfarte pelos seus médicos. É importante assegurar aos doentes que não correm riscos e que devem retomar a sua normal atividade sexual", sublinhou o cientista alemão, um dos autores do estudo publicado no Journal of the American College of Cardiology.

  • Ronaldo terá colocado milhões de euros nas Ilhas Virgens britânicas
    4:15

    Desporto

    José Mourinho e Cristiano Ronaldo são apenas dois dos nomes da maior fuga de informação na história do desporto. A plataforma informática Football Leaks forneceu milhões de documentos à revista alemã Der Spiegel, entre os quais documentos que indicam que o capitão da seleção nacional terá colocado milhões de euros da publicidade nas Ilhas Virgens britânicas. Os dados foram analisados por um consórcio de 60 jornalistas, do qual o Expresso faz parte, numa investigação que pode ler este sábado no semanário.

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.