sicnot

Perfil

Mundo

Papa diz que espera pelo fim do embargo dos EUA a Cuba

Papa diz que espera pelo fim do embargo dos EUA a Cuba

O Papa Francisco chegou esta terça-feira aos Estados Unidos. O avião em que viajou desde Cuba aterrou na base militar de Andrews, que serve a cidade de Washington. É pela capital que o Papa inicia a visita oficial aos Estados Unidos, onde foi recebido, à chegada, por Barack Obama e pela família do Presidente norte-americano. Em Washington, o Papa Francisco vai ainda discursar no Congresso norte-americano e canonizar um missionário espanhol. Depois, segue para Nova Iorque, onde vai celebrar uma missa em memória das vítimas dos atentados do 11 de setembro. A agenda muito preenchida desta visita de 6 dias termina em Fidadélfia. Ainda a bordo do avião, o Papa aproveitou a viagem de Cuba para os Estados Unidos para responder às perguntas dos jornalistas. Francisco disse esperar que o restabelecimento de relações diplomáticas entre os dois países possa conduzir ao fim do embargo americano a Cuba.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • Temperaturas negativas em várias zonas do país nos próximos dias
    1:57

    País

    O frio vai começar a fazer-se sentir nos próximos dias com as temperaturas a descerem para valores negativos em várias zonas do país. Em Lisboa, cinco estações de metro vão estar abertas durante a noite para albergar os sem-abrigo que também vão receber agasalhos e refeições quentes.

  • Medalha idêntica à de Anne Frank encontrada em campo nazi

    Mundo

    Um grupo de investigadores encontrou uma medalha praticamente igual à de Anne Frank, nas escavações ao campo nazi de extermínio Sobibor, na Polónia. Os especialistas do Memorial do Holocausto Yad Vashem em Israel acreditam que a medalha pertencia a Karoline Cohn, que pode ter conhecido Anne Frank.