sicnot

Perfil

Mundo

Primeiro-ministro do Burkina Faso libertado, Exército entra na capital

Primeiro-ministro do Burkina Faso libertado, Exército entra na capital

O comando golpista do Burkina Faso libertou hoje o primeiro-ministro interino, sob residência vigiada no Palácio Presidencial há seis dias. Ao mesmo tempo que as forças leais à transição entraram em Ouagadougou e aguardam a rendição dos rebeldes.

Personalidade "chave" da transição política após o golpe de Estado de outubro de 2014, que derrubou o regime de 28 anos do até então Presidente Blaise Campaoré, o chefe do executivo interino, Isaac Zida, foi colocado na sua residência oficial, enquanto o Presidente Michel Kafando foi, a 18 deste mês, entregue na residência do embaixador de França.

  • Passos Coelho pede desculpa aos portugueses
    3:35
  • População afetada pelo fogo tenta repor o que as chamas destruíram
    1:54
  • "Juntos por Todos" hoje no palco em Lisboa
  • Autarca garante que não houve "touros de fogo"

    País

    O presidente da Câmara de Benavente disse esta segunda-feira à Lusa que a atividade "touros de fogo" foi retirada do programa da Festa da Amizade depois de recebido um parecer desfavorável da Direção-Geral de Veterinária.

  • Esforço dos contribuintes para salvar bancos deve ser minimizado, diz Draghi
    1:49