sicnot

Perfil

Mundo

Rins criados em laboratório funcionam em animais

Rins produzidos em laboratório com células estaminais de porco e de rato e transplantados para estes animais, funcionaram perfeitamente produzindo urina e passando-a para a bexiga tal e qual como rins normais.

© Jason Reed / Reuters

Um dos grandes problemas dos rins artificiais tem sido a passagem da urina para a bexiga. A equipa de cientistas da Jikei University School of Medicine em Tóquio conseguiu ultrapassar esta dificuldade produzindo também com as células estaminais um "tubo extra de drenagem" - uréter.

O rim e o uréter artificais foram então transplantados para um rato. Quando fizeram a ligação entre o órgão artificial e a bexiga do rato, funcionou perfeitamente. Oito semanas após o transplante, todo o sistema continuava a funcionar bem.

Os cientistas repetiram o processo com um mamífero maior - um porco - e obtiveram os mesmos bons resultados, explicados na revista científica PNAS.

Embora esteja ainda longe este tipo de experiência em seres humanos, esta investigação é um grande avanço para a criação de órgãos artificiais em laboratório que possam ser transplantados para as pessoas.

  • "Para ele, um 'não' não foi suficiente"
    3:39
  • Isabel II e Filipe de Edimburgo celebram 70 anos de casamento
    0:44

    Mundo

    A rainha Isabel II de Inglaterra e Filipe de Edimburgo celebram hoje 70 anos de casamento. Em dia de comemoração, o Palácio de Buckingham divulgou novas fotografias do casal cuja união é a mais duradora dentro das casas reais. Isabel casou com 21 anos. Seis anos depois foi coroada rainha por ocasião da morte do pai. A rainha e o marido têm quatro filhos, entre eles o herdeiro ao trono, Carlos, oito netos e cinco bisnetos.

  • Um negócio familiar destruído pelas chamas
    8:36
  • "Diálogos" de Catarina Neves duplamente premiado no festival Muvi
    2:12