sicnot

Perfil

Mundo

Líderes da UE reúnem-se em Bruxelas em cimeira de emergência

Os chefes de Estado e de Governo da União Europeia reúnem-se hoje em Bruxelas numa cimeira extraordinária para debater soluções para a maior crise migratória registada na Europa desde a Segunda Guerra Mundial.

Gyorgy Varga


Depois do acordo sobre a distribuição de 120.000 refugiados adotado na terça-feira apesar da oposição de países do leste europeu, os dirigentes europeus deverão hoje, a partir das 16:00 locais (15:00 de Lisboa), esforçar-se por atacar as raízes do drama dos migrantes e propor soluções conjuntas.

Antes da cimeira de emergência, a chanceler alemã, Angela Merkel, o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, e o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, participam, pelas 13:00 locais (12:00 em Lisboa), numa reunião do grupo do Partido Popular Europeu (PPE, direita) no Parlamento Europeu.

Esta cimeira europeia, centrada na ajuda a fornecer a países terceiros para deter o fluxo de requerentes de asilo, é classificada pelo Alto-Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) como "a última oportunidade".

Os mais recentes números fornecidos pela Organização Internacional das Migrações (OIM), divulgados na terça-feira em Genebra, apontam para a existência de 467.153 migrantes e refugiados chegados à Europa desde o início do ano após travessia do mar Mediterrâneo e 2.870 mortos ou desaparecidos.

À Grécia, chegaram este ano 336.968 (cerca de 175.000 são sírios e 50.000 afegãos) e na Itália entraram 127.266 (cerca de 30.000 procedentes da Eritreia, 15.000 da Nigéria e 6.000 da Síria).

Lusa

  • O resgate dos passageiros do naufrágio em Cascais
    1:48
  • É importante que "as pessoas não tenham medo" de denunciar o tráfico humano
    0:48

    País

    Manuel Albano, relator nacional para o tráfico de pessoas, concorda com a ideia de que é necessário continuar a investir na inspeção e na fiscalização para travar o tráfico de seres humanos, mas rejeita a denúncia do sindicato dos trabalhadores do SEF, que esta quinta-feira alertou para a "falta de controlo".

  • Trocar a economia pela dança
    7:21
  • Salas de consumo assistido previstas na lei há 17 anos
    3:01
  • O que faz um guaxinim às duas da manhã num quartel de bombeiros?

    Mundo

    Os animais são muitas vezes os protagonistas de histórias incríveis ou até insólitas. Desde o cão mais pequeno ao urso mais assustador. Desta vez, o principal interveniente é um guaxinim, que foi levado até um quartel de bombeiros por uma dona muito preocupada. Porquê? O animal estava sob o efeito de drogas.

    SIC

  • "Por vezes até as princesas da Disney ficam apavoradas"

    Mundo

    A atriz norte-americana Patti Murin foi esta semana elogiada nas redes sociais por se preocupar com a sua saúde mental e não ter problemas em falar sobre o assunto. A artista faltou a um espetáculo da Disney, onde ia atuar, devido a um ataque de ansiedade.

    SIC

  • Presidente do Uganda quer proibir sexo oral

    Mundo

    O Presidente do Uganda emitiu um aviso público durante um conferência de imprensa anunciando que vai banir a prática de sexo oral no país. Yoweri Museveni justifica o ato, explicando que "a boca serve para comer".

    SIC