sicnot

Perfil

Mundo

Mais de 51 mil pessoas detidas em operação policial na China

Mais de 51 mil pessoas foram detidas nos últimos três meses numa operação policial contra as tríades, grupos criminosos organizados na China, realizada em Hong Kong, Macau e Cantão, anunciou hoje a polícia da antiga colónia britânica.

© Aly Song / Reuters

O maior número de detenções ocorreu em Cantão, província que faz fronteira com Hong Kong, onde foram detidas mais de 42 mil pessoas na operação, que terminou há uma semana, disse em conferência de imprensa o chefe do departamento de luta contra a delinquência e as tríades, Au Chin-Chau.

Em Macau, o número de detenções rondou as quatro mil e foram apreendidas drogas e armas.

Outras 4.343 pessoas, entre as quais 1.177 originárias da China continental, foram detidas em Hong Kong, tendo sido apreendido pelas autoridades mais de um milhão de dólares (cerca de 895 mil euros) em dinheiro, drogas e contrabando.

Em Hong Kong, a polícia interveio em mais de 7.500 locais, incluindo salões de jogos, bares de alterne e casas particulares.

A polícia de Hong Kong montou vários dispositivos contra os negócios de empréstimos, que resultou no registo de 25 empresas legais que ofereciam os seus serviços em troca de taxas de juro exorbitantes.

Durante esta operação, que Au Chin-Chau referiu ter tido êxito, sobretudo pela detenção de altos membros das tríades, sendo que a polícia bloqueou em contas mais de 2,7 milhões de dólares (2,4 milhões de euros).

A operação, batizada de "Rayo 15", aconteceu entre 15 de junho a 18 de setembro.

Este tipo de colaborações entre as polícias da China continental, Macau e Hong Kong (as duas últimas são regiões autónomas) acontece desde 2000 e geralmente duram um mês.

No entanto, a operação conjunta foi suspensa no ano passado devido aos protestos pela democracia que aconteceram em Hong Kong, o que motivou as autoridades policiais a prolongarem a colaboração por três meses.

As autoridades chinesas anunciaram hoje que a operação acabou com 19 grupos organizados, confiscou só na parte continental mais de uma centena de armas de fogo e 2.131 quilos de narcóticos.

Lusa

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02
  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.