sicnot

Perfil

Mundo

Manifestantes antiausteridade ocupam Ministério das Finanças brasileiro

Centenas de manifestantes gritando palavras de ordem contra os cortes orçamentais anunciados pelo governo invadiram esta quarta-feira a entrada da sede do Ministério da Fazenda (Finanças) em São Paulo, noticiou a imprensa brasileira.

Cerca de 200 dos 1500 manifestantes que, segundo a polícia, participaram no protesto invadiram a entrada do edifício e asseguraram que ali vão permanecer até que o governo aceite negociar.

Cerca de 200 dos 1500 manifestantes que, segundo a polícia, participaram no protesto invadiram a entrada do edifício e asseguraram que ali vão permanecer até que o governo aceite negociar.

© Nacho Doce / Reuters

Cerca de 200 dos 1500 manifestantes que, segundo a polícia, participaram no protesto invadiram a entrada do edifício e asseguraram que ali vão permanecer até que o governo aceite negociar.

"Não vamos aceitar qualquer corte na habitação", afirmou o líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos, ao 'site' G1 da Globo.

Os protestos visam o plano de austeridade anunciado pelo governo de Dilma Rousseff, que prevê cortes de 15 mil milhões de euros, a maioria aplicados ao programa social "Minha Casa, Minha Vida".

Centenas de pessoas manifestaram-se igualmente em Brasília e no Rio de Janeiro.

Membros do MTST, professores e outros funcionários públicos manifestaram-se em Brasília em frente da sede do Ministério da Fazenda, enquanto a pouca distância cerca de 1500 militantes do Movimento dos Sem Terra, tradicionalmente aliado do Partido dos Trabalhadores (PT) no poder, tentaram invadir o Ministério da Agricultura, mas forma repelidos pela polícia.

"Este governo, que no início era considerado progressista, perdeu os princípios de esquerda", lamentou aos jornalistas Roni Morais, professor de psicologia na Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (centro-oeste).

"O povo revoltou-se, é ele que está a pagar a fatura da corrupção", disse Rubens Rambo, funcionário da presidência em greve há mais de 100 dias, referindo-se ao escândalo de corrupção na companhia petrolífera Petrobras envolvendo dirigentes políticos.

No Rio de Janeiro, uma centena de apoiantes do MTST manifestaram-se em frente ao Ministério da Fazenda.

Lusa

  • Atirador canadiano mata combatente do Daesh a 3,5km de distância

    Mundo

    Um atirador das Forças Especiais do Canadá matou um combatente do Daesh com um tiro disparado a 3,5 quilómetros de distância, no passado mês de maio, no Iraque. O Comando de Operações Especiais canadiano garantiu à BBC que a distância do disparo, realizado com sucesso, é já considerada um recorde na história militar.

  • Revelada a verdadeira identidade de Banksy?

    Cultura

    O músico e produtor Goldie pode ter revelado a identidade do artista mais conhecido por Banksy, durante uma entrevista ao podcast do rapper Scroobius Pip. Goldie referiu Robert Del Naja de forma acidental e os fãs acreditam que a identidade do artista britânico foi finalmente desvendada.

  • "Mãe, por favor, para de dizer asneiras. Não quero que leves um tiro"
    0:51

    Mundo

    O Departamento de Investigação da Polícia do Minnesota divulgou esta sexta-feira um vídeo com imagens de um incidente que levou à morte de um afro-americano pela polícia, nos Estados Unidos da América. Em julho de 2016 um polícia atingiu mortalmente Philando Castile, de 32 anos, durante uma operação de controlo rodoviário. O homem procurava os documentos de identificação quando o polícia disparou quatro tiros. Nas imagens é possível ver o desespero da filha da companheira de Philiando Castile, minutos depois de ter visto o padrasto a morrer. O agente responsável pela morte de Castile foi absolvido pelo Tribunal na semana passada.

  • Depois da "provocação", o acidente em cadeia
    0:43

    Mundo

    Um vídeo de um acidente numa autoestrada em Santa Clarita, na Califórnia (EUA), está a tornar-se viral nas redes sociais. Nas imagens é possível ver um motociclista a dar um pontapé num carro que seguia à sua frente. Como forma de "retribuição", o carro vira na direção da mota mas bate no separador e depois numa carrinha que acabou por capotar. Segundo a imprensa norte-americana o condutor da carrinha foi levado para o hospital com ferimentos ligeiros. Já a pessoa que conduzia a mota seguiu o seu caminho.