sicnot

Perfil

Mundo

Manifestantes antiausteridade ocupam Ministério das Finanças brasileiro

Centenas de manifestantes gritando palavras de ordem contra os cortes orçamentais anunciados pelo governo invadiram esta quarta-feira a entrada da sede do Ministério da Fazenda (Finanças) em São Paulo, noticiou a imprensa brasileira.

Cerca de 200 dos 1500 manifestantes que, segundo a polícia, participaram no protesto invadiram a entrada do edifício e asseguraram que ali vão permanecer até que o governo aceite negociar.

Cerca de 200 dos 1500 manifestantes que, segundo a polícia, participaram no protesto invadiram a entrada do edifício e asseguraram que ali vão permanecer até que o governo aceite negociar.

© Nacho Doce / Reuters

Cerca de 200 dos 1500 manifestantes que, segundo a polícia, participaram no protesto invadiram a entrada do edifício e asseguraram que ali vão permanecer até que o governo aceite negociar.

"Não vamos aceitar qualquer corte na habitação", afirmou o líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos, ao 'site' G1 da Globo.

Os protestos visam o plano de austeridade anunciado pelo governo de Dilma Rousseff, que prevê cortes de 15 mil milhões de euros, a maioria aplicados ao programa social "Minha Casa, Minha Vida".

Centenas de pessoas manifestaram-se igualmente em Brasília e no Rio de Janeiro.

Membros do MTST, professores e outros funcionários públicos manifestaram-se em Brasília em frente da sede do Ministério da Fazenda, enquanto a pouca distância cerca de 1500 militantes do Movimento dos Sem Terra, tradicionalmente aliado do Partido dos Trabalhadores (PT) no poder, tentaram invadir o Ministério da Agricultura, mas forma repelidos pela polícia.

"Este governo, que no início era considerado progressista, perdeu os princípios de esquerda", lamentou aos jornalistas Roni Morais, professor de psicologia na Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (centro-oeste).

"O povo revoltou-se, é ele que está a pagar a fatura da corrupção", disse Rubens Rambo, funcionário da presidência em greve há mais de 100 dias, referindo-se ao escândalo de corrupção na companhia petrolífera Petrobras envolvendo dirigentes políticos.

No Rio de Janeiro, uma centena de apoiantes do MTST manifestaram-se em frente ao Ministério da Fazenda.

Lusa

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.

  • Brasil já tirou o "pé do chão"
    1:59

    Mundo

    Já começaram os desfiles e festas de carnaval, no Rio de Janeiro.Esta sexta feira foi o início oficial das celebrações com centenas de milhar de pessoas nas ruas até de madrugada.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Atores de Hollywood contra Trump
    1:44

    Mundo

    Centenas de pessoas juntaram-se em mais um protesto contra o presidente dos Estados Unidos. A manifestação, em Beverly Hills, juntou várias estrelas de Hollywood.