sicnot

Perfil

Mundo

Nova Zelândia deporta homem que pediu asilo devido a alterações climáticas

As autoridades da Nova Zelândia deportaram um cidadão de Kiribati que pediu asilo devido aos efeitos das alterações climáticas, indica hoje a imprensa local.

Reuters

Ioane Teitiota, de 39 anos, que tentou ser reconhecido como primeiro refugiado climático, regressou de avião ao seu país, onde as fontes de água foram contaminadas por sal devido aos avanços do mar, segundo a agência NZN.

Teitiona e a mulher emigraram em 2007 para a Nova Zelândia, onde nasceram os seus três filhos, mas quando o visto de trabalho expirou pediram às autoridades que lhes dessem o estatuto de refugiados climáticos. O pedido foi negado em julho.

Kiribati, composto por mais de 30 atóis (ilhas em forma de anel com estrutura coralínea), elevado a dois metros do nível do mar, figura, juntamente com as Ilhas Marshall e Tuvalu, entre os países mais afetados pelo aumento do nível das águas devido às alterações climáticas causadas pelo aquecimento global.

  • Descobertos fósseis que podem provar existência de vida em Marte

    Mundo

    Fósseis com 3,77 mil milhões de anos, dos mais antigos já descobertos, foram identificados por cientistas de vários países na província do Quebec, no leste do Canadá. As descobertas coincidem no tempo com a altura em que Marte e a Terra tinham água líquida à superfície, o que levanta questões sobre a hipótese de vida extraterrestre.

  • As polémicas declarações de João Braga sobre os Óscares

    País

    A Associação SOS Racismo reagiu esta quarta-feira às palavras do fadista João Braga na sua página no Facebook, sobre a cerimónia de entrega dos Óscares, e disse esperar que a Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial atue de forma exemplar face.

  • "Apelamos ao debate e somos criticados? Então m...."
    0:52
  • Oprah admite candidatar-se à Presidência dos EUA

    Mundo

    A apresentadora norte-americana Oprah Winfrey admitiu, numa entrevista, que a vitória de Donald Trump nas eleições presidenciais de novembro a fez considerar a possibilidade de entrar na corrida à Casa Branca.

  • Temperaturas recorde no "último lugar da Terra"

    Mundo

    A Organização Meteorológica Mundial (OMM) anunciou esta quarta-feira que se registaram nos últimos 37 anos temperaturas altas recorde na Antártida, num local que foi descrito como "o último lugar da Terra".