sicnot

Perfil

Mundo

Beckham e Unicef vão levar a voz das crianças à ONU

O ex-futebolista, e agora embaixador de Boa Vontade da UNICEF, David Beckham apresentou hoje, em conjunto com a organização, um sistema digital para fazer com que mensagens de crianças cheguem à Organização das Nações Unidas (ONU).

O antigo futebolista internacional inglês David Beckham com o filho Romeo.

O antigo futebolista internacional inglês David Beckham com o filho Romeo.

© Suzanne Plunkett / Reuters

Este sistema, desenvolvido pela Google, vai permitir à UNICEF mostrar mensagens de crianças e jovens que expressam as suas preocupações e aspirações aos 150 chefes de estado e governo presentes nas assembleias da ONU.

"Quero um mundo onde as crianças possam crescer e estejam seguras da guerra, violência, pobreza e doenças. Um mundo onde cada criança tenha oportunidades justas. Espero que toda a gente se junte a mim a pedir aos líderes mundiais para colocar as crianças, principalmente as mais desfavorecidas, no centro dos novos objetivos globais", afirmou Beckham na véspera da reunião que vai decidir a agenda da ONU para os próximos 15 anos.

O ex-futebolista, que trabalha em conjunto com a UNICEF há mais de 10 anos, recordou ainda que o ano de 2014 "foi um dos mais devastadores para as crianças", com mais de 15 milhões expostas a violência extrema.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, assegurou que a agenda de 2030 "foi criada com a ajuda das vozes dos jovens" e adicionou ainda que "o mundo deve agora fazer mais para envolver os jovens na realização dos objetivos" globais.

De acordo com a ONU, apesar dos progressos conseguidos nos últimos 15 anos, cerca de seis milhões de crianças, com menos de cinco anos, morrem todos os anos por causas evitáveis e mais de 120 milhões de crianças e adolescentes não vão à escola.

Lusa

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.