sicnot

Perfil

Mundo

Pais de estudantes mexicanos desaparecidos em greve de fome

Os pais dos 43 estudantes mexicanos desaparecidos há um ano entraram em greve de fome, um dia antes do encontro que têm com o Presidente do país, Henrique Pena Nieto.

Os pais reclamam uma investigação independente ao caso e querem que os responsáveis pelo desaparecimento dos filhos sejam punidos.

Os pais reclamam uma investigação independente ao caso e querem que os responsáveis pelo desaparecimento dos filhos sejam punidos.

Eles reclamam uma investigação independente ao caso e querem que os responsáveis pelo desaparecimento dos filhos sejam punidos.

Esta é a segunda vez que os pais das vítimas se encontram com o Presidente do México no último ano.

De acordo com a investigação oficial, a polícia de Iguala deteve os jovens e entregou-os a um cartel ligado ao tráfico de droga.

As autoridades garantem que os 43 estudantes foram mortos e incinerados eplo gangue, mas uma nova investigação não encontra provas de que os jovens tenham sido queimados.

  • Défice caiu mais de 2,6 mil milhões de euros até outubro

    Economia

    O défice das administrações públicas foi de 1.838 milhões de euros até outubro, bem abaixo dos cerca de 4.500 milhões de há um ano. É "uma melhoria de 2.664 milhões de euros" em relação ao mesmo período do ano passado, aponta o Ministério das Finanças.

  • O que têm ice tea, colas e leite com chocolate em comum? O PAN explica
    1:36
  • Vodafone Mexefest arranca hoje
    2:29
  • Mulher salva dos carris segundos antes de chegar comboio
    0:34