sicnot

Perfil

Mundo

Hezbollah anuncia trégua de seis meses em três localidades sírias

O líder do movimento xiita libanês Hezbollah, aliado do regime sírio, anunciou esta sexta-feira uma trégua de seis meses em três localidades da Síria, concluída com os rebeldes sob supervisão da ONU.

A cidade de Zabadani, próxima de Damasco, foi alvo em julho de uma ofensiva das forças do regime, o que deu origem a uma aliança de vários grupos rebeldes, incluindo os extremistas sunitas aliados da Al-Qaida, para cercar as aldeias de Fua e Kafraya, de população xiita. (Arquivo)

A cidade de Zabadani, próxima de Damasco, foi alvo em julho de uma ofensiva das forças do regime, o que deu origem a uma aliança de vários grupos rebeldes, incluindo os extremistas sunitas aliados da Al-Qaida, para cercar as aldeias de Fua e Kafraya, de população xiita. (Arquivo)

© Stringer . / Reuters

A trégua vigora na cidade rebelde de Zabadani, próxima da fronteira com o Líbano (sudoeste), e nas aldeias xiitas de Fua e Kafraya, na província de Idleb (noroeste), quase totalmente controlada por forças rebeldes.

O acordo alcançado prevê "a retirada dos combatentes e dos feridos da cidade de Zabadani para a província de Idleb (...) em troca da retirada de 10.000 civis de Fua e Kafraya (...) para zonas controladas pelo regime sírio", disse Hassan Nasrallah numa entrevista à televisão do movimento, a Al-Manar.

A cidade de Zabadani, próxima de Damasco, foi alvo em julho de uma ofensiva das forças do regime, o que deu origem a uma aliança de vários grupos rebeldes, incluindo os extremistas sunitas aliados da Al-Qaida, para cercar as aldeias de Fua e Kafraya, de população xiita.

Lusa

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • Comitiva portuguesa terminou visita à central de Almaraz

    País

    A visita técnica da delegação portuguesa e da Comissão Europeia à central nuclear de Almaraz, em Espanha, realizou-se esta segunda-feira. A visita serviu para Portugal se inteirar sobre o funcionamento da central e sobre o projeto de construção de uma instalação para armazenamento de resíduos radioativos.

  • O Nokia 3310 está de volta
    1:16

    Economia

    A Nokia chegou a ser uma das maiores empresas do mundo devido ao fabrico de telemóveis. Caiu, mas acaba de fazer renascer um dos sucessos de vendas do início do milénio. O anúncio foi feito este domingo, em Barcelona.