sicnot

Perfil

Mundo

Tsipras compromete-se a aplicar "rapidamente" acordo com credores

A Grécia deve aplicar "rapidamente" o que foi acordado com os credores para o terceiro resgate ao país, declarou hoje o primeiro-ministro, Alexis Tsipras, no primeiro conselho de ministros do seu segundo mandato.

© Yves Herman / Reuters

"É necessário aplicar rapidamente o que acordámos com os credores (União Europeia e Fundo Monetário Internacional) para completar a primeira avaliação do programa e começar a discutir a redução da dívida", afirmou Tsipras.

Quatro dias após a sua vitória nas eleições legislativas, a segunda em oito meses, Tsipras insistiu na necessidade "de reestruturar a dívida para que ela se torne sustentável" e para restabelecer "a competitividade da economia".

A outra prioridade do governo é "a recapitalização dos bancos para assegurar liquidez", disse.

O esquerdista Syriza foi reeleito no domingo com 35,4% dos votos e, sem uma maioria absoluta, Tsipras voltou a formar um governo de coligação com o partido da direita nacionalista Gregos Independentes.

A 13 de julho, Tsipras assinou um acordo com os credores para um novo empréstimo de 86 mil milhões de euros em três anos, que implica a continuação da austeridade.

"A condição para o programa ter sucesso é garantir a coesão social", indicou o chefe do governo grego, sublinhando que "não se deve regressar ao impasse das receitas neoliberais extremas".

Comprometeu-se a "lidar com o desemprego que está em níveis insuportáveis para a Europa", com uma taxa que foi em junho de 25,2%.

"São objetivos para quatro anos, viáveis se trabalharmos intensamente", disse Tsipras aos seus ministros.

Lusa

  • Costa desvaloriza ameaça e mantém planos de visita a Angola
    2:27

    Economia

    O governo angolano reagiu duramente à acusação do Ministério público portugues contra o vice-presidente de Angola. Luanda diz que a acusação é um sério ataque à República de Angola que pode perturbar as relações entre os dois paises. António Costa desvaloriza a ameaça e mantém os planos de uma visita a Angola na primavera.

  • Catarina Martins diz que é preciso ouvir os dois secretários de Estado sobre offshores
    1:27

    Economia

    O Bloco de Esquerda diz que participa com empenho em todas as comissões de inquérito, mas insiste que não faz sentido suspender o trabalho da comissão em curso sobre a Caixa Geral de Depósitos. Catarina Martins esteve esta manhã em Estremoz, onde comentou também o caso das transferências para offshores. A coordenadora do Bloco diz que é preciso ouvir os dois Secretários de Estado dos assuntos fiscais para perceber o que se passou.

  • Brasil já tirou o "pé do chão"
    1:59

    Mundo

    Já começaram os desfiles e festas de carnaval, no Rio de Janeiro.Esta sexta feira foi o início oficial das celebrações com centenas de milhar de pessoas nas ruas até de madrugada.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Atores de Hollywood contra Trump
    1:44

    Mundo

    Centenas de pessoas juntaram-se em mais um protesto contra o presidente dos Estados Unidos. A manifestação, em Beverly Hills, juntou várias estrelas de Hollywood.