sicnot

Perfil

Mundo

Tsipras compromete-se a aplicar "rapidamente" acordo com credores

A Grécia deve aplicar "rapidamente" o que foi acordado com os credores para o terceiro resgate ao país, declarou hoje o primeiro-ministro, Alexis Tsipras, no primeiro conselho de ministros do seu segundo mandato.

© Yves Herman / Reuters

"É necessário aplicar rapidamente o que acordámos com os credores (União Europeia e Fundo Monetário Internacional) para completar a primeira avaliação do programa e começar a discutir a redução da dívida", afirmou Tsipras.

Quatro dias após a sua vitória nas eleições legislativas, a segunda em oito meses, Tsipras insistiu na necessidade "de reestruturar a dívida para que ela se torne sustentável" e para restabelecer "a competitividade da economia".

A outra prioridade do governo é "a recapitalização dos bancos para assegurar liquidez", disse.

O esquerdista Syriza foi reeleito no domingo com 35,4% dos votos e, sem uma maioria absoluta, Tsipras voltou a formar um governo de coligação com o partido da direita nacionalista Gregos Independentes.

A 13 de julho, Tsipras assinou um acordo com os credores para um novo empréstimo de 86 mil milhões de euros em três anos, que implica a continuação da austeridade.

"A condição para o programa ter sucesso é garantir a coesão social", indicou o chefe do governo grego, sublinhando que "não se deve regressar ao impasse das receitas neoliberais extremas".

Comprometeu-se a "lidar com o desemprego que está em níveis insuportáveis para a Europa", com uma taxa que foi em junho de 25,2%.

"São objetivos para quatro anos, viáveis se trabalharmos intensamente", disse Tsipras aos seus ministros.

Lusa

  • As crianças e o frio. O que vestir
    1:58

    País

    O médico Pedro Ribeiro da Silva, da Direção-Geral da Saúde, aconselha especial cuidado com as extremidades do corpo - usar luvas e gorros. E demasiado agasalhadas pode levá-as a transpirar mais e, consequentemente, desidratar.

  • Transportes públicos de Cascais vão ficar mais baratos
    2:32

    Economia

    Os transportes públicos de Cascais vão ficar mais baratos já a partir do próximo mês e a poupança nos passes combinados pode chegar até aos 12 euros por mês. Para além disso, foram criados 1280 lugares de estacionamento gratuito junto às estações da CP e Governo reafirma ainda que a linha será alvo de obras de melhoramentos este ano. Em 2016 passaram pela linha de Cascais 25 milhões de passageiros, mais 2,9% que no ano anterior.

  • Os finalistas do Carro do Ano 2017 são...
    0:53

    Economia

    São sete os escolhidos pelos jurados do Carro do Ano, iniciativa do Expresso e da SIC Notícias. À final chegaram o Citroen C3 Pure Tech, o Hyundai IONIQ Hybrid Tech, da Kia o novo modelo Optima Sportwagon 1.7 CRDi GT Line, o Peugeot 3008 Allure 1.6 BlueHdi, o Renault Mégane Sport Tourer Energy dCI, o SEAT Ateca 1.6 TDI CR Style e ainda o Volvo V90.