sicnot

Perfil

Mundo

Encontrados novos emails trocados por Hillary Clinton a partir do e-mail pessoal

O Departamento de Estado norte-americano informou esta sexta-feira que obteve mais 'emails' correspondentes ao período em que Hillary Clinton foi secretária de Estado e que a pré-candidata presidencial não tinha disponibilizado anteriormente.

Hillary Clinton repetiu em várias ocasiões que entregou todos os 'emails' relativos ao período em que liderou a diplomacia norte-americana (2009-2013) para que fossem analisados na investigação em curso, mas não entregou o conjunto de mensagens referidas hoje pelo Departamento de Estado.

Hillary Clinton repetiu em várias ocasiões que entregou todos os 'emails' relativos ao período em que liderou a diplomacia norte-americana (2009-2013) para que fossem analisados na investigação em curso, mas não entregou o conjunto de mensagens referidas hoje pelo Departamento de Estado.

© Brian Snyder / Reuters

Hillary Clinton repetiu em várias ocasiões que entregou todos os 'emails' relativos ao período em que liderou a diplomacia norte-americana (2009-2013) para que fossem analisados na investigação em curso, mas não entregou o conjunto de mensagens referidas hoje pelo Departamento de Estado.

Trata-se de um grupo de mensagens trocadas com o então comandante do Comando Central dos Estados Unidos, general David Petraeus, durante as sus primeiras semanas como secretária de Estado, em janeiro e fevereiro de 2009.

O Departamento da Defesa encontrou os 'emails' e encaminhou-os para o departamento de Estado, que leva a cabo a investigação pelo uso que Hillary Clinton fez da sua conta de correio eletrónico pessoal para tratar de assuntos oficiais.

Segundo o porta-voz do Departamento de Estado, John Kirby, trata-se de uma dezena de e-mails que abordam, principalmente, "assuntos pessoais".

No final de agosto, o Departamento de Estado norte-americano publicou 7.000 páginas de correio eletrónico enviadas ou recebidas por Clinton, durante o mandato de secretária de Estado.

No início de setembro, Hillary Clinton pediu desculpas por usar um servidor de 'email' privado enquanto secretária de Estado, afirmando que a decisão foi "um erro".

Lusa

  • Família Aveiro na inauguração do Aeroporto Cristiano Ronaldo
    2:34

    País

    A decisão de dar o nome de Cristiano Ronaldo ao aeroporto da Madeira divide opiniões. Contudo, na cerimónia de inauguração desta quarta-feira só se ouviram aplausos. Os madeirenses juntaram-se à porta do aeroporto para ver e receber o melhor jogador do mundo. Também a família do jogador esteve na Madeira para apoiar Ronaldo.

  • A (polémica) mudança de nome do aeroporto da Madeira
    2:00

    País

    O aeroporto da Madeira é desde esta quarta-feira aeroporto Cristiano Ronaldo. O Presidente da República e o primeiro-ministro estiveram juntos na homenagem ao futebolista. A alteração não é consensual entre os madeirenses.

  • O busto de Ronaldo que virou piada no mundo inteiro
    2:04

    País

    No dia em que foi formalizado o novo nome do aeroporto da Madeira, foi também conhecido o busto em bronze de Cristiano Ronaldo e que, desde logo, começou a provocar reações em todo o mundo. As críticas da imprensa internacional não são propriamente positivas e a internet aproveitou para dar contornos humorísticos à criação.

  • Os seus descontos para a Segurança Social estão em ordem?
    7:50
    Contas Poupança

    Contas Poupança

    4ª FEIRA JORNAL DA NOITE

    Os portugueses estão cada vez mais preocupados com a reforma. O valor que se vai receber depende dos descontos que se fizerem para a Segurança Social. Mas há contabilistas que cometem burlas com o dinheiro dos clientes, há esquecimentos, e empresas que deixam de pagar as contribuições por falta de verbas. O Contas Poupança explica-lhe como pode ver neste instante se todos os seus descontos estão nos cofres da Segurança Social, e corrigir algum erro antes que seja tarde demais.

  • "Não há razão para fingirmos que hoje é um dia feliz"
    1:55

    Brexit

    Depois de receber esta quarta-feira a notificação do Brexit, o presidente do Conselho Europeu antecipou negociações difíceis. Donald Tusk diz que agora é preciso minimizar os prejuízos para os cidadãos europeus e para as empresas.

  • "Não há recuo possível"
    2:30

    Brexit

    O processo de saída do Reino Unido da União Europeia começou esta quarta-feira, com a ativação do artigo 50.º do Tratado de Lisboa. A notificação de Theresa May foi feita por carta a Donald Tusk e a primeira-ministra disse que não recuo possível. O processo de negociações levará dois anos e a saída do Reino Unido da União Europeia ficará concluída em 2019.