sicnot

Perfil

Mundo

Quinze civis mortos em ataque do Boko Haram no Níger

Pelo menos 15 civis foram mortos num ataque de membros do Boko Haram a uma aldeia do sudeste do Níger, junto à fronteira com a Nigéria, noticiou na sexta-feira à noite a televisão estatal nigerina.

O Boko Haram tem lançado, desde fevereiro, ataques em zonas nigerinas próximas da fronteira com o nordeste da Nigéria, bastião do grupo radical islâmico que quer impor a 'sharia' (lei islâmica). (Arquivo)

O Boko Haram tem lançado, desde fevereiro, ataques em zonas nigerinas próximas da fronteira com o nordeste da Nigéria, bastião do grupo radical islâmico que quer impor a 'sharia' (lei islâmica). (Arquivo)

© Jim Tanner / Reuters

O ataque ocorreu na quinta-feira à noite numa aldeia juntos às margens do rio Komadougou Yobe, que corre ao longo de uma pequena secção da fronteira.

"Uma dezena" de atacantes, "armados com espingardas", chegaram a pé à aldeia para "cometer o massacre", segundo a televisão.

Uma das vítimas é o chefe da aldeia. Duas dezenas de casas, um veículo e um moinho foram incendiados.

O Boko Haram tem lançado, desde fevereiro, ataques em zonas nigerinas próximas da fronteira com o nordeste da Nigéria, bastião do grupo radical islâmico que quer impor a 'sharia' (lei islâmica).

Tropas da Nigéria, Chade, Níger e Camarões combatem o Boko Haram, recentemente associado ao grupo extremista Estado Islâmico. Mas apesar dos revezes sofridos pelos radicais nos últimos meses, os ataques do movimento não cessaram.

Lusa

  • Enfermeiros especialistas em saúde materna retomam protesto 

    País

    Os enfermeiros especialistas em saúde materna e obstetrícia voltam quinta-feira de manhã a interromper as funções especializadas, o que pode afetar blocos de parto e maternidades. Queixam-se de "falta de resposta política adequada" e "ausência de acordos sérios".

  • Reis de Espanha enviam mensagem para funeral das vítimas portuguesas
    0:52
  • Cristas vaiada em bairro de Chelas
    1:44

    Autárquicas 2017

    Assunção Cristas promete mudanças na Gebalis, a empresa municipal que gere os bairros sociais em Lisboa. Esta manhã, a candidata do CDS à câmara visitou um bairro de Chelas, onde foi vaiada por alguns populares.

  • Prestação da casa aumenta pela primeira vez desde 2014
    1:17

    Economia

    Pela primeira vez em três anos, as taxas de juro do crédito à habitação, estão a subir. A subida é de apenas 1 euro, mas é a primeira desde 2014, depois de em maio deste ano ter estabilizado e em junho ter descido. A justificação para este aumento é a evolução das taxas euribor.

  • "Em vez de ajudarem, estavam a tirar fotos dela a morrer"
    1:13