sicnot

Perfil

Mundo

Dois mortos e mais de 300 feridos em Taiwan devido a tufão Dujuan

Duas pessoas morreram e mais de 300 ficaram feridas em Taiwan devido ao tufão Dujuan, informaram hoje as autoridades locais.

© Pichi Chuang / Reuters


Por outro lado, quase meio milhão de pessoas continuam sem eletricidade em Taiwan, depois de a tempestade ter deixado um rastro de destruição.

Muitos dos feridos em Taiwan foram atingidos por destroços levados pelo vento ou viram-se envolvidos em acidentes de trânsito, disso o Centro de Operações de Emergência, fixando o número de mortos em dois e o de feridos em 324.

Os ventos fortes arrancaram várias árvores e as chuvas intensas provocaram deslizamentos de terras.

Mais de 12.000 pessoas tiveram de ser deslocadas e quase 3.000 estão em alojamento temporário.

O Dujuan chegou hoje à cidade costeira chinesa de Putian, mas não há ainda registo de estragos, de acordo com agência oficial Xinhua.

hina em alerta máximo perante aproximação do tufão Dujuan

As autoridades chinesas decretaram hoje o alerta máximo para o sudeste do país perante a chegada do tufão Dujuan, que causou dois mortos e cerca de 300 feridos em Taiwan, informou a agência Xinhua.

Cerca de meio milhão de pessoas ficaram sem eletricidade em Taiwan, após a destruição causada pelo tufão no norte da ilha.

O vento forte arrancou tetos e abateu árvores, enquanto a chuva provocou o deslizamento de terras.

Mais de 12 mil pessoas foram entretanto retiradas das suas casas e cerca de 3.000 transportadas para abrigos, segundo as autoridades.

Nas províncias chinesas de Zhejiang e Fujian, dezenas de milhares de barcos tiveram de retornar à costa. Em Fujian, todos os voos para hoje foram cancelados.

Após passar por Fujian, o tufão diminuirá de intensidade e atingirá a província vizinha de Jiangxi já como depressão tropical.

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.