sicnot

Perfil

Mundo

Dois mortos e mais de 300 feridos em Taiwan devido a tufão Dujuan

Duas pessoas morreram e mais de 300 ficaram feridas em Taiwan devido ao tufão Dujuan, informaram hoje as autoridades locais.

© Pichi Chuang / Reuters


Por outro lado, quase meio milhão de pessoas continuam sem eletricidade em Taiwan, depois de a tempestade ter deixado um rastro de destruição.

Muitos dos feridos em Taiwan foram atingidos por destroços levados pelo vento ou viram-se envolvidos em acidentes de trânsito, disso o Centro de Operações de Emergência, fixando o número de mortos em dois e o de feridos em 324.

Os ventos fortes arrancaram várias árvores e as chuvas intensas provocaram deslizamentos de terras.

Mais de 12.000 pessoas tiveram de ser deslocadas e quase 3.000 estão em alojamento temporário.

O Dujuan chegou hoje à cidade costeira chinesa de Putian, mas não há ainda registo de estragos, de acordo com agência oficial Xinhua.

hina em alerta máximo perante aproximação do tufão Dujuan

As autoridades chinesas decretaram hoje o alerta máximo para o sudeste do país perante a chegada do tufão Dujuan, que causou dois mortos e cerca de 300 feridos em Taiwan, informou a agência Xinhua.

Cerca de meio milhão de pessoas ficaram sem eletricidade em Taiwan, após a destruição causada pelo tufão no norte da ilha.

O vento forte arrancou tetos e abateu árvores, enquanto a chuva provocou o deslizamento de terras.

Mais de 12 mil pessoas foram entretanto retiradas das suas casas e cerca de 3.000 transportadas para abrigos, segundo as autoridades.

Nas províncias chinesas de Zhejiang e Fujian, dezenas de milhares de barcos tiveram de retornar à costa. Em Fujian, todos os voos para hoje foram cancelados.

Após passar por Fujian, o tufão diminuirá de intensidade e atingirá a província vizinha de Jiangxi já como depressão tropical.

  • Mação volta a enfrentar dias de pânico
    3:33
  • Fogo obrigou à evacuação de 6 aldeias do concelho do Sardoal
    1:56

    País

    O incêndio que chegou ao Sardoal obrigou à evacuação de seis aldeias. As pessoas foram encaminhadas para as instalações da Santa Casa da Misericórdia e vão regressando ao longo do dia de hoje. A A23 foi reaberta de madrugada, depois de ter estado várias horas cortada nos dois sentidos .

  • Detida no Brasil portuguesa acusada de várias burlas nos últimos 20 anos
    3:04

    Mundo

    A Polícia do Rio de Janeiro deteve uma portuguesa acusada de várias burlas nos últimos 20 anos. Ana Resende fazia-se passar por funcionária do consulado e prometia vistos e outros documentos para tirar dinheiro das vítimas. Esta é a terceira vez que a polícia brasileira detém a portuguesa por acusações de burla.