sicnot

Perfil

Mundo

Casal espanhol pede "morte digna" para filha com doença irreversível

Um casal espanhol que pretende dar uma "morte digna" à sua filha, que sofre de uma doença neurodegenerativa irreversível, conseguiu o parecer favorável de um comité de ética, mas os médicos recusam acatar a decisão.

© Ronen Zvulun / Reuters

Estela Ordóñez e António Lago são os pais de Andrea, uma criança de 12 anos que está internada nos serviços pediátricos do Complexo Hospitalar Universitário de Compostela (CHUS), em Santiago de Compostela (norte de Espanha).

O casal pede que seja retirado o suporte artificial de vida à filha, alegando que a limitação dos esforços terapêuticos em casos totalmente irreversíveis não é apenas uma recomendação, mas sim uma boa prática clínica reconhecida por lei.

Num relatório, hoje divulgado pelo casal, o comité de ética da unidade hospitalar deu parecer favorável à posição defendida pelos pais de Andrea, mas os serviços de pediatria do CHUS decidiram prolongar os esforços terapêuticos.

Após uma reunião com a equipa médica, hoje realizada, o casal afirmou que os médicos referiram que o documento do comité "não é vinculativo" e que ainda não chegou "a altura de retirar o suporte artificial de vida".

Em declarações aos jornalistas, os pais de Andrea declararam estar "indignados" e admitiram recorrer à justiça.

Estela Ordóñez e António Lago argumentaram que o estado de saúde da menor tem vindo a agravar-se desde setembro de 2014, enfrentando fases muito dolorosas e tratamentos muito agressivos.

Num comunicado, os serviços pediátricos do CHUS afirmaram que estão a atuar "segundo os princípios mais rigorosos da ética", frisando que o seu procedimento respeita totalmente "a legislação vigente".

Na mesma nota, a unidade médica assumiu, no entanto, o compromisso de "limitar o tratamento terapêutico neste ou em qualquer outro caso em que se entenda que a situação clínica assim o exija", de forma "a evitar o momento de obstinação terapêutica, como previsto na lei".

Lusa

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Football Leaks

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Football Leaks

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
    Contas Poupança

    Contas Poupança

    4ª FEIRA JORNAL DA NOITE

    Chamar o médico a casa é um procedimento habitual para muitas famílias, mas chamar um enfermeiro a casa é menos comum. Uma portuguesa criou um sistema inovador no mundo em que pode chamar um enfermeiro a casa através da internet ou de uma aplicação para telemóvel com os mesmos preços em todo o país e sem mensalidades. Só paga o serviço que utilizar. O Contas Poupança foi conhecer os preços e comparar para ver se compensa.

  • As primeiras palavras de um dos sobreviventes da Chapecoense
    0:29