sicnot

Perfil

Mundo

Mahmud Abbas pede na ONU reconhecimento total do Estado da Palestina

O presidente da Autoridade Palestiniana, Mahmud Abbas, disse hoje perante a Assembleia geral da ONU que a Palestina merece um "total reconhecimento" enquanto Estado.

A Grécia vai reconhecer o Estado palestiniano numa votação que decorrerá na terça-feira no Parlamento na presença do presidente da Palestina, Mahmud Abbas (AP/Arquivo)

A Grécia vai reconhecer o Estado palestiniano numa votação que decorrerá na terça-feira no Parlamento na presença do presidente da Palestina, Mahmud Abbas (AP/Arquivo)

Sergei Ilnitsky

"A Palestina, que é um Estado observador não-membro das Nações Unidas, merece ser reconhecido integralmente como um Estado", declarou Abbas, ao evocar "os enormes sacrifícios" consentidos pelos palestinianos e a sua "paciência ao longo de todos estes anos de sofrimento e exílio".

O presidente palestiniano apelou igualmente ao "reconhecimento do Estado da Palestina a todos os países que ainda não o fizeram" e quando ocorreram no decurso de 2015, em diversos países europeus, debates e votos parlamentares favoráveis ao reconhecimento.

De seguida, Mahmud Abbas assistiu, pela primeira vez na história da ONU, ao hastear da bandeira palestiniana na fachada da instituição internacional.

"Neste momento histórico, digo ao meu povo em todo o lado: levantem bem alto a bandeira dos palestinianos porque é o símbolo da nossa identidade", disse Abbas no decurso da cerimónia ao ar livre.

No discurso prévio, o líder palestiniano também ameaçou deixar de respeitar os acordos com Israel caso o Estado judaico continue a rejeitá-los, em particular ao prosseguir a política de construção de novos colonatos na Cisjordânia ocupada.

"Declaramos que não podemos continuar a estar comprometidos por esses acordos que são continuamente violados pelo Estado judaico, que deve assumir plenamente todas as suas responsabilidades enquanto potência ocupante, porque o 'statu quo' não pode continuar", referiu perante a Assembleia geral.

Esta ameaça, que tem sido agitada por responsáveis palestinianos, implicaria a dissolução de facto da Autoridade Palestiniana caso fosse posta em prática.

Segundo as Convenções de Genebra, Israel deveria então assumir totalmente as responsabilidades administrativas da população dos territórios ocupados.

Lusa

  • "Miúdos de 5 e 6 anos a perguntar: a minha casa ardeu, o meu pai está queimado?"
    4:55
  • Presidente visita zonas afetadas pelos fogos
    2:00

    País

    Numa visita inesperada, o Presidente da República esteve esta manhã em Vouzela, um dos concelhos mais atingidos pelos incêndios. Marcelo Rebelo de Sousa vai estar nos próximos dias no distrito de Viseu.

  • Duas opções do círculo mais próximo de António Costa
    1:41
  • O clube de amigos de António Costa

    Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • "Viverei com o peso na consciência até ao último dia"
    3:00
  • A fotografia que está a correr (e a impressionar) o Mundo

    Mundo

    A fotografia de uma cadela a carregar, na boca, o cadáver calcinado da cria está a comover o mundo. Entre as muitas fotografias que mostram o cenário causado pelos incêndios que devastaram a Galiza nos últimos dias, esta está a causar especial impacto. O registo é do fotógrafo Salvador Sas, da agência EFE. A imagem pode impressionar os mais sensíveis.

  • Tondela corta relações institucionais com Belenenses

    Desporto

    O Tondela anunciou esta quinta-feira o corte de relações institucionais com o Belenenses, que vai defrontar no domingo para a nona jornada da I Liga de futebol, na sequência do diferendo pelo não adiamento do jogo devido aos incêndios.

  • SC Braga recebe o Ludogorets
    2:03

    Liga Europa

    O Sporting de Braga recebe hoje o Ludogorets. Abel Ferreira destaca a capacidade física e ofensiva do adversário e quer um Braga a jogar com intensidade para vencer o atual campeão da Bulgária.