sicnot

Perfil

Mundo

Nicolás Maduro denuncia na ONU alegada operação contra a Venezuela

O Presidente venezuelano Nicolás Maduro denunciou nas Nações Unidas que está em curso uma operação contra o seu país e pediu à comunidade internacional para estar alerta face à proximidade das eleições gerais de dezembro no seu país.

Richard Drew

"Peço ao mundo para estar muito atento a qualquer tentativa de perturbar a vida política da Venezuela", disse Maduro na sua intervenção feita terça-feira perante a 70.ª Assembleia-Geral da ONU.

O chefe de Estado venezuelano considerou que está em curso o que denominou de "operação alicate" contra o seu país, para criar conflitos fronteiriços com a Colômbia e a Guiana.

As declarações de Nicolás Maduro foram feitas um dia depois de a Guiana acusar a Venezuela de recorrer a técnicas de "intimidação" e de "agressão", pelo que pediu à organização uma solução definitiva para o diferendo territorial entre os dois países, numa zona onde a petrolífera norte-americana Exxon Mobil descobriu uma importante jazida de petróleo.

Relativamente à Colômbia, cujas fronteiras a Venezuela Nicolás Maduro decidiu encerrar desde 24 de agosto, por 60 dias, para combater grupos paramilitares, o narcotráfico e o contrabando, o Presidente venezuelano recordou que há cerca de uma semana reuniu-se em Quito com o seu homólogo colombiano Juan Manuel Santos.

Ainda durante a sua intervenção, Maduro defendeu uma "transformação profunda" da ONU, uma "nova geopolítica" em que, disse, "se imponha a verdade dos povos".

Por outro lado instou o Presidente dos EUA, Barack Obama, a derrogar as sanções em vigor contra funcionários do Governo venezuelano e um recente decreto que considera a Venezuela uma ameaça para a segurança interna norte-americana.

Lusa

  • "Não partilhei SMS com ninguém"
    0:43

    Caso CGD

    António Domingues afirma que nunca revelou o conteúdo das mensagens trocadas com o ministro das Finanças sobre a entrega das declarações de património ao Tribunal Constitucional. O tema dos SMS foi abordado pelo ex-presidente da Caixa na sequência de uma pergunta do PCP sobre declarações feitas por António lobo Xavier no programa da SIC Notícias "Quadratura do Círculo".

  • "As regras europeias de bem estar animal são dogmas", diz diretor-geral de Veterinária
    1:32

    País

    O diretor-geral de Alimentação e Veterinária considera que as regras de bem estar animal que existem na União Europeia (UE) "parecem configurar uma transfiguração antropomórfica dos animais". Em declarações à SIC, a propósito da exportação de animais vivos para países terceiros, que têm outras regras de abate, Fernando Bernardo defendeu ainda que o método usado em Israel provoca uma insensibilização mais rápida do que o praticada na UE.

  • PAN questiona Governo sobre aposta na exportação de animais vivos para o Médio Oriente
    1:56

    País

    O partido Pessoas-Animais-Natureza lembra que à luz do Regulamento nº. 1/2005 do Conselho Europeu, os estados-membros da União Europeia (UE) devem evitar transportar animais vivos em viagens de longo curso. O deputado André Silva considera, por isso, que "o Estado português está a incumprir o regulamento" ao fomentar estas viagens, numa clara aposta económica em torno da exportação de animais vivos para Israel e outros destinos fora da UE. Para o deputado do PAN, é muito difícil ou "mesmo impossível assegurar o bem estar dos animais" em viagens de vários dias.

  • Trump pensou que presidência "seria mais fácil"

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos Donald Trump afirmou que a Presidência é mais difícil do que pensava e que tem saudades da vida que levava antes, em entrevistas a propósito dos primeiros 100 dias em funções.