sicnot

Perfil

Mundo

Nicolás Maduro denuncia na ONU alegada operação contra a Venezuela

O Presidente venezuelano Nicolás Maduro denunciou nas Nações Unidas que está em curso uma operação contra o seu país e pediu à comunidade internacional para estar alerta face à proximidade das eleições gerais de dezembro no seu país.

Richard Drew

"Peço ao mundo para estar muito atento a qualquer tentativa de perturbar a vida política da Venezuela", disse Maduro na sua intervenção feita terça-feira perante a 70.ª Assembleia-Geral da ONU.

O chefe de Estado venezuelano considerou que está em curso o que denominou de "operação alicate" contra o seu país, para criar conflitos fronteiriços com a Colômbia e a Guiana.

As declarações de Nicolás Maduro foram feitas um dia depois de a Guiana acusar a Venezuela de recorrer a técnicas de "intimidação" e de "agressão", pelo que pediu à organização uma solução definitiva para o diferendo territorial entre os dois países, numa zona onde a petrolífera norte-americana Exxon Mobil descobriu uma importante jazida de petróleo.

Relativamente à Colômbia, cujas fronteiras a Venezuela Nicolás Maduro decidiu encerrar desde 24 de agosto, por 60 dias, para combater grupos paramilitares, o narcotráfico e o contrabando, o Presidente venezuelano recordou que há cerca de uma semana reuniu-se em Quito com o seu homólogo colombiano Juan Manuel Santos.

Ainda durante a sua intervenção, Maduro defendeu uma "transformação profunda" da ONU, uma "nova geopolítica" em que, disse, "se imponha a verdade dos povos".

Por outro lado instou o Presidente dos EUA, Barack Obama, a derrogar as sanções em vigor contra funcionários do Governo venezuelano e um recente decreto que considera a Venezuela uma ameaça para a segurança interna norte-americana.

Lusa

  • "Há uma grande diferença em relação à anterior liderança do PSD"
    14:29

    País

    O ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, esteve esta quarta-feira na Edição da Noite da SIC Notícias. As novas relações com o PSD e a reprogramação do Portugal 2020 foram alguns dos temas de conversa. Pedro Marques defende que existe "uma grande diferença" entre as lideranças de Passos Coelho e Rui Rio no PSD.

    Entrevista SIC Notícias

  • Dia de homenagens e muito futebol para Marcelo em São Tomé
    3:01

    País

    No segundo dia da visita de Estado a São Tomé e Príncipe, o Presidente da República prestou homenagem às vítimas do massacre de Batepá, em 1953. Marcelo Rebelo de Sousa não pediu desculpa pela história, mas lembrou que é preciso assumir as coisas menos boas do passado. O dia terminou com o Presidente a mostrar que ainda está em forma.

    Enviados SIC

  • Patinadora enfrenta "pesadelo" nos Olímpicos

    Desporto

    A patinadora Gabriella Papadakis enfrentou na segunda-feira um dos "piores pesadelos" da sua vida, durante a estreia nos Jogos Olímpicos de Inverno, em Pyeongchang, na Coreia do Sul. Durante a apresentação, a parte de cima do vestido da francesa saiu do lugar e revelou parte do seu seio. Mas este não foi o único caso de incidentes com figurinos. Também a sul-coreana Yura Min quase ficou despida durante a sua apresentação.

    SIC

  • Casal mantinha filhos trancados sem comida

    Mundo

    Se pensava que só existia uma casa dos horrores, a da família Turpin, desengane-se. A polícia de Tucson, no estado norte-americano do Arizona, deteve na terça-feira um casal que mantinha os quatro filhos adotivos trancados em quartos separados.

    SIC

  • Pigcasso, a porca pintora que tem uma galeria de arte

    Mundo

    O nome sugere o talento da artista que vive na Cidade do Cabo, na África do Sul. Pigcasso estava prestes a morrer, quando foi resgatada por uma ativista que a ajudou a enveredar pelo caminho da pintura. Desde pequena começou a pegar em pincéis e agora é o primeiro animal do mundo com uma galeria de arte, onde já lançou a sua primeira exposição intitulada 'Oink!'.