sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 6 mortos em várias explosões no sul da China

Pelo menos seis pessoas morreram hoje em várias explosões no sul da China, noticiaram os media oficiais chineses, referindo a ocorrência de 15 explosões em diferentes locais públicos.

De acordo com as primeiras informações, 13 pessoas ficaram feridas na cidade de Liucheng, na província de Guangxi.

Os explosivos estavam escondidos em pacotes de encomendas postais, disse um responsável da polícia, citado pela televisão estatal chinesa.

De acordo com o jornal South China Morning Post, as explosões ocorreram num centro comercial, numa prisão, num gabinete governamental, supermercado, estação de transportes, hospital, mercado e centro de controlo de doenças.

As autoridades locais ativaram meios de emergência e alertaram a população para não abrir pacotes, acrescentou o jornal.

Com Lusa

  • Reportagem Especial dá a voz aos despedidos da banca
    1:18
  • CEMGFA admite que várias armas roubadas estão em condições de ser usadas
    2:06

    Assalto em Tancos

    Afinal há várias armas roubadas em Tancos que estão em condições de ser utilizadas, sendo que apenas os lança-granadas-foguete estão obsoletos. Esta manhã, o general Pina Monteiro admitiu, no Parlamento, que a declaração que fez há duas semanas pode ter induzido em erro a opinião pública. O chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas (CEMGFA) diz, ainda, que se houvesse indícios sobre colaboração do Exército neste caso, os suspeitos estariam presos.

  • Pais de Charlie Gard querem que o bebé morra em casa

    Mundo

    Depois de terem renunciado à batalha judicial para manterem o filho com vida, os pais do bebé britânico Charlie Gard desejam agora levar a criança para morrer em casa. O desejo foi revelado pelo advogado de Chris Gard e Connie Yates, numa audiência esta tarde, no Supremo Tribunal de Londres. Contudo, o hospital responsável pelo caso admite que os cuidados a Charlie não podem ser feitos em casa.