sicnot

Perfil

Mundo

Furacão 'Joaquín' mais forte e extremamente perigoso

O furacão 'Joaquín' passou hoje à categoria quatro, numa escala de 5, tornando-se "extremamente perigoso", segundo os meteorologistas, enquanto a costa leste dos Estados Unidos se prepara para um fim de semana de chuva intensa.

© NOAA NOAA / Reuters

Com ventos de 210 quilómetros por hora e que podem tornar-se mais fortes nas próximas 24 horas, o furacão, que se move na zona das Bahamas, pode causar severos danos materiais e humanos, estando já em marcha planos de emergência.

Nas Bahamas foram cancelados diversos voos e os populares cruzeiros estão a ser reencaminhados para outros locais, havendo previsões de que a chuva fará subir o nível das águas em três metros em redor de algumas das ilhas do centro do arquipélago.

Às 19:00 de Lisboa, o olho do furacão estava 113 quilómetros a sul da ilha de São Salvador, sendo esperadas chuvas torrenciais nas Carolinas (do Norte e do Sul) e na Virgínia, que já se encontra em estado de emergência devido às chuvas de terça-feira e onde se teme que os ventos tenham um impacto destrutivo.

'Joaquín' é o terceiro furação no período que vai de junho a setembro, sendo que, no início do ano, os meteorologistas haviam alertado que a temperatura da água no Atlântico estava abaixo da média, havendo uma relação cientificamente comprovada entre águas mais mornas e a formação de furacões agressivos.

Lusa

  • "Putin é uma ameaça maior do que o Daesh"
    0:24

    Mundo

    O senador norte-americano John Mccain atacou Vladimir Putin dizendo que é uma ameaça maior do que o Daesh. O antigo candidato à Casa Branca acusa a Rússia de querer destruir a democracia ao tentar manipular o resultado das presidenciais dos Estados Unidos.

  • "Não podemos fazer de Lisboa uma cidade para turistas"
    2:44

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no Jornal da Noite da SIC, o mandato de Fernando Medina na Câmara de Lisboa. O comentador da SIC defendeu que o autarca tem "muitos problemas por resolver" e que a Câmara tem investido "mais na recuperação de zonas em que os lisboetas praticamente não conseguem ir". Sousa Tavares disse ainda que Lisboa não pode ser uma cidade para turistas.

    Miguel Sousa Tavares

  • "É muito importante ceder à tentação de se abolir a liberdade"
    1:06
  • Menos casos de sida em Portugal
    1:44