sicnot

Perfil

Mundo

Mariano Rajoy convoca eleições gerais em Espanha para 20 de dezembro

O presidente do governo espanhol, Mariano Rajoy, anunciou hoje que convocará as eleições gerais para 20 de dezembro e não para 13 do mesmo mês, para que o parlamento não tenha de constituir-se pelo Natal.

© Juan Medina / Reuters

"Se [as eleições] fossem a 13 de dezembro, teríamos de constituir o parlamento praticamente em plena quadra natalícia. Assim, há uma margem maior, que se estende até 14 de janeiro", declarou Rajoy, que dissolverá o atual Parlamento no próximo dia 26.

No caso de as eleições serem a 13 de dezembro, e tendo em conta que a constituição do novo Parlamento tem de ocorrer até 25 dias após o ato eleitoral, ela teria de realizar-se até 7 de janeiro, muito perto do Dia de Reis, data amplamente celebrada em Espanha.

Com o conhecimento da data das eleições, sabe-se que o Orçamento de Estado para 2016 tem de ser aprovado na semana que começa a 19 de outubro.

Lusa

  • Maioria absoluta independentista e uma nova fase na vida da Catalunha
    1:37

    Mundo

    Esta segunda-feira começa uma nova fase na vida da Catalunha. A região manifestou maioritariamente, este domingo, em eleições, a vontade de ser independente. Os resultados finais mostram uma maioria absoluta de partidos no novo Parlamento regional, que querem a secessão de Espanha. Na sede da plataforma Junts pel Sin, os enviados especiais da SIC, Rodrigo Pratas e Bernardo Bogarim, testemunharam uma festa grande, apesar de a vitória e maioria no Parlamento não representarem uma maioria de votos a favor da independência.

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Quer conhecer os cães mais feios do mundo?
    1:15

    Mundo

    Na Califórnia, nos Estados Unidos, já foi eleito o cão mais feio do mundo de 2017, num concurso que se repete há 29 anos. Com 57 quilos, Martha recebeu a distinção enquanto ressonava no palco.