sicnot

Perfil

Mundo

Sobe para 464 número de iranianos mortos em debandada, em Meca

O número de iranianos mortos na sequência da debandada em Mina, perto de Meca, aumentou para 464, segundo um balanço publicado hoje pela comissão organizadora iraniana do Hajj, uma semana após a tragédia.

© Stringer Shanghai / Reuters

"Sete dias depois do trágico acidente (a debandada em Mina) e de investigações incansáveis (...), o número de peregrinos iranianos que foram para o céu, enquanto estavam a realizar os rituais do Hajj em Mina, é de 464", divulgou a comissão organizadora, em comunicado.

Um anterior balanço dava conta de pelo menos 239 peregrinos iranianos mortos e outros 241 nacionais desaparecidos durante a peregrinação em Mina, perto de Meca.

Os ministros saudita e iraniano acordaram hoje, em Jedá, o repatriamento dos corpos dos peregrinos iranianos mortos na debandada perto de Meca na semana passada, informou a agência oficial saudita.

O Irão é o país com maior número de vítimas do incidente, que, segundo Riade, causou um total de 769 mortos e 934 feridos, de várias nacionalidades, durante um dos rituais da peregrinação anual dos muçulmanos, na quinta-feira passada.

Esta debandada é o segundo trágico incidente a atingir os fiéis muçulmanos este ano na Arábia Saudita, após a queda, dez dias antes, de uma grua no interior da grande mesquita de Meca, que causou a morte de 109 pessoas e feriu mais de 400.

O ritual do Hajj está entre os cinco pilares do islamismo e todos os muçulmanos deverão realizar a peregrinação a Meca pelo menos uma vez na vida.

Lusa

  • Presidente do Conselho Europeu admite divergências com Trump

    Mundo

    O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, admitiu hoje que a reunião mantida em Bruxelas com o presidente norte-americano, Donald Trump, permitiu constatar pontos de concordância em várias áreas, mas também de discordância noutras, como clima, comércio e Rússia."

  • Mourinho volta a conquistar a Europa

    Liga Europa

    O Manchester United conquistou esta quarta-feira a Liga Europa pela primeira vez. Este foi o quarto título europeu para Mourinho, depois das conquistas da Taça UEFA, em 2002/03, e da Liga dos Campeões, em 2003/04 e 2009/10.

  • Mexicana vence ultramaratona a correr de sandálias e de saia

    Desporto

    Uma mexicana venceu uma ultramaratona de 50 quilómetros a correr de saia e sandálias de borracha. María Lorena Ramírez, de 22 anos, não é atleta profissional, nem recebeu treino específico para a Ultra Trail Cerro Rojo, prova que venceu, mas pertence à tribo Tarahumara, com uma longa e invulgar tradição de excelentes corredores.

    SIC

  • Marcelo diz que a Europa precisa de paixão
    2:36
  • Protestos e violência no Rio de Janeiro
    1:08