sicnot

Perfil

Mundo

Pessoas mais altas têm maior risco de cancro

Um estudo sueco relaciona a altura com um maior probabilidade de desenvolvimento de cancro da mama ou de pele.

A brasileira Elisany Silva tem 14 anos e mede 2.06 metros.

A brasileira Elisany Silva tem 14 anos e mede 2.06 metros.

© Paulo Santos / Reuters

Por cada 10 cm extra de altura, o risco aumenta em 18% nas mulheres e em 11% nos homens, revela a investigação que examinou 5 milhões de pessoas e que foi apresentado numa conferência da European Society for Paediatric Endocrinology.

Os investigadores do Instituto Karolinska em Estocolmo explicaram que acompanharam um grupo de suecos durante mais de 50 anos. As mulheres mais altas tinham mais 20% de probabilidade de desenvolver cancro da mama, homens e mulheres mais altos tinham mais 30% de risco de melanoma.

Estudos anteriores tinham já demonstrado este aumento de probabilidades, embora não se saiba ainda o porquê. Os cientistas afirmam que a altura não é a causa de desenvolvimento de cancros, mas as pessoas mais altas têm factores de crescimento mais elevados e mais células no seu corpo - o que aumenta o rsico de uma delas se "transformar" em cancro - e mais necessidade de ingerir alimentos - outro factor que aumenta os riscos.

"Um cancro surge após mutações de uma única célula. Pessoas maiores têm mais células", explica à BBC Dorothy Bennett, responsável pelo centro de investigação de células na Universidade St George em Londres.

  • Curiosidades sobre o Mundial da Rússia
    3:08
  • Inocência e talento marcaram o 9.º dia de Mundial
    0:56
  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05
  • Dia de limpezas em Chaves após violenta tempestade
    2:44
  • Athanasia, uma mulher sem medo das alturas
    0:35

    Mundo

    É grega, chama-se Athanasia Athineau, tem 29 anos e pertence à unidade de forças especiais da Grécia. O salto que podemos ver é de 10 mil pés, mas Athanasia faz também saltos de 30 mil. Neste caso, caíu a uma velocidade de 250 quilómetros por hora antes de abrir o pára-quedas.

  • Talheres de Hitler vendidos por 14 mil euros

    Mundo

    Um conjunto de duas facas, três colheres e três garfos de prata, que pertencia a Adolf Hitler, foi vendido em Dorset, Inglaterra, pelo valor de 12.500 libras (aproximadamente 14.200 euros). O serviço de talheres foi criado no âmbito das celebrações do 50.º aniversário do ditador nazi.

    SIC