sicnot

Perfil

Mundo

BP vai pagar indemnização recorde por maré negra no Golfo do México em 2010

O grupo petrolífero britânico BP deverá pagar 20,8 mil milhões de dólares, um valor recorde, para pôr fim às ações dos Estados Unidos decorrentes da maré negra de 2010 no Golfo do México.

A poluição sem precedentes foi provocada pela explosão, a 20 de abril de 2010, de plataforma petrolífera Deepwater Horizon, explorada pela BP, no Golfo do México, ao largo dos EUA, tendo causado 11 mortos e afetado gravemente a indústria turística e a pesca locais. (Arquivo)

A poluição sem precedentes foi provocada pela explosão, a 20 de abril de 2010, de plataforma petrolífera Deepwater Horizon, explorada pela BP, no Golfo do México, ao largo dos EUA, tendo causado 11 mortos e afetado gravemente a indústria turística e a pesca locais. (Arquivo)

© Ho New / Reuters

Esta penalização - a maior sanção pecuniária aplicada pelos EUA a uma única empresa - constitui "uma resposta forte e adequada ao pior desastre ambiental da história americana", sublinhou hoje a secretária americana da Justiça, Loretta Lynch, em conferência de imprensa.

Segundo a governante, "a BP tem o castigo que merece, compensando os danos causados ao ambiente e à economia da região".

A 2 de julho, fora anunciado a conclusão de um acordo de princípio em que o valor ascendia a 18,7 mil milhões de dólares, mas o total, que terá de ser validado por um juiz federal, é mais elevado devido a uma afinação dos custos.

A poluição sem precedentes foi provocada pela explosão, a 20 de abril de 2010, de plataforma petrolífera Deepwater Horizon, explorada pela BP, no Golfo do México, ao largo dos EUA, tendo causado 11 mortos e afetado gravemente a indústria turística e a pesca locais.

Foram necessários 87 dias para selar o poço petrolífero, situado a 1.500 metros de profundidade, tendo o equivalente a três milhões de barris de petróleo sido vertidos para as águas, contaminando mais de 2000 quilómetros de costa.

O acordo entre os EUA e a BP deve colocar um ponto final às acusações por parte do Estado federal, de cinco estados afetados (Alabama, Flórida, Louisiana, Mississippi e Texas) e das autoridades locais.

Lusa

  • "A nossa lei tem demasiados buracos"
    0:44

    País

    Rui Cardoso acusa a classe política de não querer resolver os problemas da corrupção em Portugal. Entrevistado na Edição da Noite da SIC Notícias o magistrado do Ministério Público considera que ainda há um longo caminho a percorrer no combate à corrupção.

  • Salah Abdeslam deixa cadeira vazia na leitura da sua sentença
    2:05

    Mundo

    O único suspeito vivo dos ataques de Paris em 2015 foi esta segunda-feira condenado a 20 anos de prisão por um tribunal belga, num processo paralelo: um tiroteio em março de 2016, em Bruxelas. Tanto Salah Abdeslam como o cúmplice não quiseram estar na leitura da sentença. O julgamento de Salah Abdeslam pelos ataques de Paris só deverá acontecer no próximo ano, em França.

  • Beyoncé e a irmã caem e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC

  • Cientistas querem sequenciar genomas de 15 milhões de espécies

    Mundo

    Um consórcio internacional de cientistas, que por enquanto não inclui portugueses, propõe-se sequenciar, catalogar e analisar os genomas (conjuntos de informação genética) de 15 milhões de espécies, uma tarefa que levará dez anos a fazer, foi divulgado esta segunda-feira.