sicnot

Perfil

Mundo

Cheias no sul de França deixaram ruas submersas e arrastaram dezenas de carros

Cheias no sul de França deixaram ruas submersas e arrastaram dezenas de carros

Imagens captadas por um drone permitem ver uma perspetiva das cheias que atingiram esta segunda-feira a região da riviera francesa, no sul de França, em particular a localidade de Mandelieu, local onde se registaram mais vítimas mortais. Alguns habitantes que tentavam retirar os carros da garagem foram apanhados pela enxurrada. Os bombeiros não tiveram mãos a medir e, várias horas depois, ainda há muito que fazer. As ruas ficaram transformadas em rios e há pilhas de automóveis que foram arrastados pela corrente e que será preciso retirar.

  • Mau tempo causa 17 mortos em França, incluindo uma portuguesa
    1:45

    Mundo

    Pelo menos 17 pessoas morreram e 4 continuam desaparecidas devido ao mau tempo que atingiu o sul de França. Entre as vítimas mortais está uma portuguesa, de 47 anos, vítima de afogamento depois de ter ficado presa dentro do carro. O Presidente François Hollande declarou estado de catástrofe natural.

  • Governo quer aumentar fiscalização a baixas fraudulentas
    1:10

    País

    O Governo quer criar uma bolsa de médicos para fiscalizar quem recebe o subsídio por doença. A intenção foi manifestada à TSF pela secretária de Estado da Segurança Social. Em 2016 foram detetados mais de 56 mil trabalhadores com baixa médica que afinal estavam aptos para trabalhar.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.