sicnot

Perfil

Mundo

ONU pede ao Irão que use influência para parar guerra na Síria

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, apelou esta segunda-feira ao Irão para que use a sua influência na Síria para promover uma solução política para o conflito.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Handout . / Reuters

O líder da ONU transmitiu isto mesmo ao ministro iraniano Yavad Zarif num reunião realizada na sede das Nações Unidas, em Nova Iorque, disse um porta-voz da organização.

Ban Ki-moon reiterou que não haverá uma solução militar para a guerra na Síria e pediu ao Governo de Teerão para usar a sua "influência" a favor de uma solução negociada.

O Irão, junto com a Rússia, é um dos principais apoiantes do regime sírio de Bashar al-Assad, que os Estados Unidos e seus aliados querem que saia e abra a porta para uma transição com elementos do governo e da oposição.

Além da Síria, Ban Ki-moon e Zarif falaram do conflito no Iémen e dos esforços da ONU para reavivar o diálogo entre as partes, bem como a necessidade de resolver o vazio presidencial no Líbano.

Em relação ao dossier nuclear iraniano, o diplomata sul-coreano exortou todas as partes a aplicar "de boa fé" o acordo selado entre Teerão e as potências do grupo 5+1 (Estados Unidos, Rússia, China, França, Reino Unido e Alemanha).

Lusa

  • Assembleia-geral do Sporting marcada para 23 de junho
    2:57
  • Congresso do PS começa hoje na Batalha

    País

    O 22.º Congresso do PS começa hoje, na Batalha, distrito de Leiria, e durante o qual o secretário-geral, António Costa, deverá defender uma linha de continuidade estratégica, procurando, em simultâneo, projetar desafios estruturais que se colocam ao país.

  • Gonçalo Guedes: o menino franzino que jogava mais que os outros em Benavente
    8:47
  • Juiz impede acesso a informações bancárias e e-mails de António Mexia
    1:50

    País

    No inquérito crime que investiga a EDP, continua um braço de ferro entre o Ministério Público e o juiz de instrução. O magistrado voltou a negar o acesso a informações bancárias e a e-mails de António Mexia, que constavam dos processos da Operação Marquês e do universo Espírito Santo.

  • Estudo acaba com teorias da conspiração sobre a morte de Hitler

    Mundo

    Existem algumas versões sobre o desaparecimento do ditador nazi, Adolf Hitler. Há quem diga que viajou para um país da América do Sul, outros acreditam que está escondido na Antártida e há até quem vá mais longe e acredita que estaria na Lua. Mas, teorias da conspiração à parte, a história oficial diz que Hitler suicidou-se num bunker, em Berlim, Alemanha.

    SIC