sicnot

Perfil

Mundo

Turquia adverte Rússia sobre fim das "boas relações"

O Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, advertiu esta terça-feira que as violações do espaço aéreo turco por aviões militares russos podem prejudicar as "boas relações" entre os dois países e inclusive comprometê-las.

O Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan.

O Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan.

© Francois Lenoir / Reuters

"São óbvias as nossas boas relações com a Rússia. Mas poderão ser perdidas. Se a Rússia perder a Turquia, perderá muito", declarou o chefe de Estado, durante uma conferência de imprensa em Bruxelas, segundo referiram diversos media turcos.

"A NATO emitiu um duro ultimato. Não podemos tolerá-lo [as violações do espaço aéreo]. É algo que vai para além dos princípios da NATO", declarou.

A NATO, que inclui a Turquia, e o Governo turco informaram que no sábado e no domingo aviões militares russos entraram brevemente no espaço aéreo turco.

Neste contexto, o exército turco afirmou que F-16 da aviação turca voltaram a ser hoje alvo de uma nova "perseguição" por parte de um MIG-29 não identificado na fronteira turco-síria.

Este incidente ocorre na sequência de uma série de violações do espaço turco por aviões de combate russos no fim de semana, originando tensões entre a Rússia, que se envolveu militarmente na Síria desde há uma semana, e a Turquia.

Ancara convocou por duas ocasiões o embaixador russo para lhe pedir explicações e a NATO considerou que estas incursões não foram acidentais, como Moscovo justificou em pelo menos um dos casos. O Governo turco já advertiu que tomará todas as medidas para evitar novas violações do seu território.

Lusa

  • Vídeo mostra passagem da carrinha a alta velocidade nas Ramblas
    0:33

    Ataque em Barcelona

    O jornal espanhol El Pais divulgou hoje  as primeiras imagens da carrinha que matou 13 pessoas e feriu mais de 100 em Barcelona. O vídeo foi registado por  uma câmara de videovigilância de um museu nas Ramblas. Mostra pessoas a desviarem antes da passagem rápida da carrinha branca. Esta terá sido a parte final do percurso feito pelo veículo.

  • Castelo Branco aposta na cultura para preservar raízes e fomentar turismo
    5:26

    SIC 25 Anos

    Com perto de 200 mil habitantes, o distrito de Castelo Branco luta para criar projetos diferenciadores para atrair e ancorar a população. O desemprego tem vindo a baixar, numa região fortemente envelhecida. A capital do distrito aposta na cultura para preservar as raízes e fomentar o turismo, e a Universidade da Beira Interior tem cada vez mais alunos estrangeiros.