sicnot

Perfil

Mundo

Joaquin deve chegar sábado a Portugal como depressão extratropical

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) informou hoje, em comunicado, que prevê para sábado períodos de chuva, aumento do vento e agitação marítima provocados pela passagem da depressão extratropical Joaquin.

© NOAA NOAA / Reuters

Segundo o IPMA, o furacão Joaquin passou a tempestade tropical e deve aproximar-se de Portugal no sábado, mas já como depressão extratropical.

A tempestade Joaquin encontra-se no Atlântico e "passou a ser classificado como tempestade tropical, com a consequente diminuição da intensidade do vento no seu centro", refere o instituto.

Nos próximos dias, as previsões do IPMA indicam que a tempestade tropical vai deslocar-se em direção à Europa, mas vai enfraquecer e poderá perder as suas características tropicais, tornando-se numa depressão extratropical.

"Um dos cenários mais prováveis será que esta depressão se aproxime da Península Ibérica no próximo 10 de outubro (sábado) ", refere o IPMA.

Para sábado, o IPMA prevê períodos de chuva, intensificação do vento e aumento da agitação marítima.

"Convém salientar que existe alguma incerteza associada à trajetória da depressão, pelo que pode haver alterações no cenário meteorológico", sublinha o instituto.

Lusa

  • Suécia conquista primeira vitória no Mundial frente à República da Coreia (1-0)

    Mundial 2018 / Suécia

    Depois de uma ausência de 12 anos nos campeonatos do mundo, a Suécia volta e começa a ganhar. Um penálti de Andreas Granqvist aos 65 minutos garantiu a vitória frente à República da Coreia na fase de grupos do Mundial. As equipas jogam pelo grupo F, onde também estão a Alemanha e o México. Veja aqui o golo e os lances da partida.

  • Três mortos e mais de 200 feridos do sismo no Japão
    1:07

    Mundo

    Pelo menos três pessoas morreram e mais de 200 ficaram feridas na sequência de um sismo de magnitude 6,1 na escala de Richter que atingiu hoje a região oeste do Japão, segundo um novo balanço das autoridades nipónicas. Uma das vítimas mortais era uma criança de 9 anos.