sicnot

Perfil

Mundo

Dois terços dos alemães dizem que Angela Merkel não deve receber o Nobel da Paz

Quase dois terços de alemães julgam que a chanceler Angela Merkel, citada entre os favoritos para o Prémio Nobel da Paz, não deve receber este galardão, segundo uma sondagem publicada hoje no jornal Handelsblatt.

© Hannibal Hanschke / Reuters


Uma larga maioria (61%) julga que Angela Merkel não é uma "candidata apropriada" para receber este prémio, que será anunciado na sexta-feira, em Oslo, enquanto 34% tem opinião contrária, segundo a sondagem feita pelo instituto Forsa, realizada com uma amostra de cerca de mil pessoas.

Angela Merkel está a ser citada entre os favoritos para o Prémio Nobel da Paz pela sua mediação no conflito na Ucrânia e por ter aberto as portas de seu país aos migrantes, num momento em que a Europa está a ser confrontada com uma crise migratória excecional.

Mas este seu posicionamento levou a uma queda na sua popularidade na Alemanha, mesmo no seu próprio campo político, depois de 577.000 pedidos de asilo terem sido requeridos desde o início do ano e espera-se que cheguem a 800 mil ou um milhão até ao final de 2015.

"O facto de Merkel está a receber pouco apoio (dos alemães para o Prémio Nobel) deve ser explicado pela razão de muitos cidadãos e muitas pessoas (do seu partido) ver de forma crítica a sua posição sobre os refugiados", indicou ainda o jornal alemão.

Lusa

  • Quase 200 queixas por dia sobre serviços de saúde em 2017
    1:46

    País

    Foram apresentadas, em 2017, quase 200 queixas por dia sobre o funcionamento dos serviços de saúde públicos e privados. As questões administrativas e os tempos de espera foram as principais razões das mais de 70 mil reclamações recebidas pela Entidade Reguladora da Saúde.

  • Fim de semana com chuva e descida da temperatura

    País

    A chuva regressa hoje a Portugal continental e permanece pelo menos até ao início da semana, prevendo-se ainda uma descida da temperatura máxima entre 04 a 06 graus Celsius, disse à Lusa a meteorologista Cristina Simões.

  • O projeto pioneiro que apoia crianças com doenças incuráveis
    3:30

    País

    A única unidade de cuidados paliativos pediátricos do país situa-se em São Mamede de Infesta. Inaugurado há quase dois anos, pelo Kastelo, há passaram 68 crianças com doenças incuráveis. A instituição lançou agora uma campanha de donativos para construir um parque aquático.