sicnot

Perfil

Mundo

Dois terços dos alemães dizem que Angela Merkel não deve receber o Nobel da Paz

Quase dois terços de alemães julgam que a chanceler Angela Merkel, citada entre os favoritos para o Prémio Nobel da Paz, não deve receber este galardão, segundo uma sondagem publicada hoje no jornal Handelsblatt.

© Hannibal Hanschke / Reuters


Uma larga maioria (61%) julga que Angela Merkel não é uma "candidata apropriada" para receber este prémio, que será anunciado na sexta-feira, em Oslo, enquanto 34% tem opinião contrária, segundo a sondagem feita pelo instituto Forsa, realizada com uma amostra de cerca de mil pessoas.

Angela Merkel está a ser citada entre os favoritos para o Prémio Nobel da Paz pela sua mediação no conflito na Ucrânia e por ter aberto as portas de seu país aos migrantes, num momento em que a Europa está a ser confrontada com uma crise migratória excecional.

Mas este seu posicionamento levou a uma queda na sua popularidade na Alemanha, mesmo no seu próprio campo político, depois de 577.000 pedidos de asilo terem sido requeridos desde o início do ano e espera-se que cheguem a 800 mil ou um milhão até ao final de 2015.

"O facto de Merkel está a receber pouco apoio (dos alemães para o Prémio Nobel) deve ser explicado pela razão de muitos cidadãos e muitas pessoas (do seu partido) ver de forma crítica a sua posição sobre os refugiados", indicou ainda o jornal alemão.

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51