sicnot

Perfil

Mundo

EUA felicitam grupos da sociedade civil da Tunísia por Nobel da Paz

O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, felicitou hoje os grupos da sociedade civil da Tunísia que venceram o prémio Nobel da Paz por contribuição para uma democracia pluralista no país.

Susan Walsh

"O prémio de hoje é também um tributo à perseverança e à coragem do povo tunisino que, em face de assassínios políticos e ataques terroristas, se juntou num espírito de unidade, compromisso e tolerância", disse, em comunicado, Barack Obama.

O Comité Nobel Norueguês atribuiu hoje o Prémio Nobel da Paz ao Quarteto para o Diálogo Nacional na Tunísia pela contribuição para a construção de uma democracia pluralista após a Revolução de Jasmim de 2011.

O Quarteto integra quatro "organizações chave" da sociedade civil tunisina: A União Geral dos Trabalhadores da Tunísia (UGTT), A Confederação de Indústria, Comércio e Artesanato da Tunísia (UTICA), A Liga dos Direitos Humanos da Tunísia (LDHT) e da Ordem Nacional dos Advogados da Tunísia (ONAT).

O Quarteto, lembrou o Comité Nobel Norueguês, foi formado no verão de 2013 após o processo de democratização ter ameaçado colapsar após uma onda de assassínios políticos e de manifestações de protesto.

Para o Comité Nobel, as quatro instituições criaram um processo político alternativo e pacífico numa altura em que o país estava à beira de uma guerra civil.

Lusa

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02
  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.