sicnot

Perfil

Mundo

Coreia do Norte diz estar pronta para combater qualquer guerra dos EUA

O Presidente da Coreia do Norte, Kim Jong-Un, disse hoje que o país está preparado para combater qualquer guerra "provocada pelos Estados Unidos", durante a parada militar em comemoração do 70.º aniversário do Partido dos Trabalhadores.

Wong Maye-E

"Hoje, o nosso partido declara com determinação que as nossas Forças Armadas revolucionárias são capazes de combater qualquer tipo de guerra provocada pelos Estados Unidos e estamos prontos para proteger o nosso povo e o céu azul da nossa pátria", disse Kim.

A Coreia do Norte orgulha-se muitas vezes da sua "dissuasão nuclear", acusando os Estados Unidos de tentar iniciar uma guerra de agressão.

O país realizou três testes nucleares e ameaçou avançar para o quarto, como parte de um programa de armas nucleares e mísseis que tem prosseguido apesar das consecutivas sanções internacionais.

Durante a maior parte do discurso de Kim Jong-Un destacou a unidade entre a numerosa população de 24 milhões de habitantes dos militantes do Partido dos Trabalhadores da Coreia do Norte, sob o controle da dinastia Kim, desde a sua formação em 1945.

O Presidente elogiou o povo, classificando-o como "a fonte do milagre", que permitiu ao país tornar-se num "Estado socialista poderoso que é independente e auto-suficiente em matéria de defesa".

"O Partido dos Trabalhadores é um partido invencível que forma um conjunto coerente com as pessoas", sublinhou.

Lusa

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.