sicnot

Perfil

Mundo

EUA e líderes europeus instam partes em conflito na Líbia a assinarem acordo de paz

Os Estados Unidos e cinco países europeus juntaram-se, na sexta-feira, a outros líderes mundiais e instaram as partes em conflito na Líbia a assinarem o acordo de paz proposto para a criação de um Governo de unidade nacional.

John Bazemore

"Não há tempo a perder", disseram os governos do Reino Unido, França, Alemanha, Itália, Espanha e Estados Unidos da América, em comunicado conjunto.

"Atrasos na formação do Governo de união nacional vão apenas prolongar o sofrimento do povo líbio e beneficiar os terroristas que tentam tirar vantagens do caos", afirmaram.

Os governos deram "todo o seu apoio" ao texto do acordo e aos líderes que iriam compor o novo Governo de unidade.

O novo Governo seria liderado por Fayez el-Sarraj, deputado do parlamento de Tripoli, e incluiria três primeiros-ministros adjuntos, do oeste, leste e sul do país.

Pretende-se que este acordo termine a agitação política que o país atravessa desde agosto de 2014, quando uma aliança de milícias invadiu Tripoli, forçando o Governo, reconhecido internacionalmente, a refugiar-se no leste do país e a criar uma segunda administração nacional.

O acordo proposto foi avançado pelo enviado da ONU Bernardino Leon após o que foi apelidado, pelas forças ocidentais, de "negociações difíceis e prolongadas".

Lusa

  • França e Rússia criam grupo de trabalho contra o terrorismo
    1:00

    Mundo

    França e Rússia vão criar um grupo de trabalho para lutar contra o terrorismo. A proposta partiu do Presidentre francês e foi anunciada por Vladimir Putin. Na conferência de imprensa conjunta, o Presidente russo explicou que ambos falaram também da Coreia do Norte.    

  • Obrigada a vir dos EUA, de 3 em 3 semanas, para ver o filho
    2:00
  • Marcelo diz que Europa não deve contar com benevolência dos aliados 
    1:19

    País

    O Presidente da República concorda com Angela Merkel, que este domingo defendeu que a Europa já não pode confiar a 100% nos países aliados. Numa conferência sobre o futuro da Europa, Marcelo Rebelo de Sousa defendeu que a União Europeia tem de assumir responsabilidades e protagonismo e não pode contar com a iniciativa e a benevolência dos aliados.

  • Novos casos de tuberculose caíram para metade

    País

    Portugal reduziu para metade o número de novos casos de tuberculose entre 2000 e 2016, segundo um relatório hoje divulgado, que mostra que, no ano passado, a taxa de incidência da doença foi de 18 por 100 mil habitantes.

  • Julgamento de Pedro Dias só deve começar após as férias judiciais
    2:59

    País

    O Tribunal da Guarda vai juntar o homicídio de Liliane Pinto ao processo principal dos crimes de Aguiar da Beira. Pedro Dias será interrogado em julho, mas o julgamento só deve começar depois das férias judiciais. No interrogatório judicial de 10 de novembro do ano passado, Pedro Dias ficou em silêncio.

  • Angola confirma pela 1ª vez que José Eduardo dos Santos está em Espanha por motivos de saúde

    Mundo

    É a primeira vez que o governo de Luanda admite, oficialmente, que o Presidente José Eduardo dos Santos sentiu-se mal e está a receber assistência médica em Espanha. Com 74 anos, os últimos 38 como Presidente de Angola, José Eduardo dos Santos tem feito visitas regulares a Barcelona para efetuar exames médicos, mas nem uma palavra sobre as suspeitas de que o Chefe de Estado angolano teria sofrido um AVC recentemente.

  • Merkel sugere que a Europa já não pode contar com aliados como os EUA
    1:45

    Mundo

    Depois das cimeiras do G7 e da NATO,e sem nunca mencionar Donald Trump, a chanceler alemã diz que é tempo de cada país tomar conta do próprio destino. As declarações de Angela Merkel foram feitas em Munique numa ação de campanha da CDU e evidenciam incómodo em relação às posições manifestadas pelos EUA.

  • Bombeiro alvejado durante assalto em Buenos Aires
    1:07

    Mundo

    A polícia argentina está a investigar o assalto e a agressão a tiro a um bombeiro em Buenos Aires. O homem de 30 anos foi atacado por três jovens, o momento foi captado pelas câmaras de videovigilância. As imagens mostram o exato momento em que o bombeiro foi atacado pelo grupo, perto de um quiosque de alimentação automático. De acordo com as informações disponíveis, a vítima terá sido alvejada seis vezes.