sicnot

Perfil

Mundo

Nove pessoas, entre as quais crianças, morrem num incêndio próximo de Dublin

Nove pessoas, entre as quais várias crianças, morreram hoje num incêndio junto a uma zona de caravanas e rulotes da comunidade viajante ('travellers'), no sul de Dublin, informou o diretor da polícia irlandesa Diarmuid O'Sullivan.

Peter Morrison

"O que posso dizer neste momento é que morreram nove pessoas e que algumas das vítimas são crianças", afirmou o responsável irlandês aos jornalistas, acrescentando que algumas destas crianças tinham apenas seis meses.

Vários membros de uma família "traveller" terão morrido no incêndio, uma informação que ainda não foi confirmada oficialmente.

Outras pessoas foram transportadas para o hospital devido à inalação de fumo.

As causas do incêndio, que deflagrou por volta das 03:00 GMT em Carrickmines, um subúrbio localizado a cerca de 16 quilómetros de Dublin, estão a ser investigadas.

O presidente irlandês Michael D Higgins classificou o incêndio como uma "terrível tragédia" e enviou condolências às famílias e amigos das vítimas.

Lusa

  • Proteção Civil garante que já não há desaparecidos
    1:40
  • "Depois de sair da autoestrada o vidro do carro ainda estava a ferver"
    2:01
  • "O fogo chegou de repente. Foi um demónio"
    2:15
  • O desabafo de um empresário que perdeu "uma vida inteira de trabalho" no fogo
    2:08
  • O testemunho emocionado de quem perdeu quase tudo
    2:10
  • As comunicações entre operacionais no combate às chamas em Viseu
    2:27
  • Norte-americana foi à discoteca e tornou-se princesa

    Mundo

    A história de Ariana Austin é quase como um conto de fadas moderno. A jovem vai até ao baile, onde conhece o seu príncipe. Só que a norte-americana foi a uma discoteca e, na altura, não sabia que Joel Makonnen era na verdade um príncipe da Etiópia e que casaria com ele 12 anos depois, tornando-se também ela numa princesa.