sicnot

Perfil

Mundo

Quatro homens condenados a trabalhos forçados perpétuos em Madagáscar

Quatro homens foram hoje condenados em Madagáscar à pena de trabalhos forçados perpétuos depois de terem morto dois europeus e um malgaxe numa ilha turística daquele país em 2013.

Os dois europeus, um francês e um franco-italiano, foram espancados por uma multidão e os corpos queimados, depois de terem sido acusados pela população de matar uma criança e de serem pedófilos.

O malgaxe, também morto pela população, era tio da criança que morreu.

Lusa

  • Filhos do ex-embaixador do Iraque acusados um ano e meio depois,
    2:51

    País

    O Ministério Público deduziu acusação contra Haider e Ridha, os filhos do antigo embaixador iraquiano em Portugal por tentativa de homicídio. Mas há dúvidas de que o julgamento se realize, uma vez que os agressores já não estão Portugal. Tudo aconteceu em agosto de 2016 em Ponte de Sor.

  • Investigação à tragédia de Pedrógão concluída
    1:10
  • Suspeito de esfaquear companheira aguarda julgamento em prisão preventiva
    1:13

    País

    O homem suspeito de ter esfaqueado a companheira num posto de combustível, em Bragança, fica a aguardar julgamento em prisão preventiva. A vítima sofreu 48 golpes por todo o corpo à frente de uma filha menor. A mulher, de 33 anos, foi levada às urgências em estado grave, mas está livre de perigo.

  • Alternativas para vender a sua casa
    8:58
  • Adolescentes salvos por drone na Austrália
    1:23